Clima tenso em na Ilha do Mosqueiro ; sem-terra ameaçam invadir fazenda19/Mar, 16:54 Por Carlos Mendes, especial para a AE Belém, 19 (AE) - A Fazenda Taba, na Ilha de Mosqueiro, distrito de Belém, pode ser invadida a qualquer momento, pela quinta vez consecutiva, por 180 famílias sem-terra expulsas do local na semana passada. O clima na área é de tensão. Desta vez, porém, os sem-terra vão encontrar pela frente cerca de 20 homens armados de revólveres e espingardas. Eles foram contratados por ex-empregados da empresa Taba, que ganharam na Justiça do Trabalho a posse da fazenda como pagamento de suas indenizações. O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) concentrou as famílias num galpão abandonado, a 200 metros da entrada da fazenda. A Polícia Militar esteve hoje pela manhã na área, mas não desarmou ninguém. A prefeitura de Belém, governada pelo PT, garante que a fazenda pertence ao município e se prepara para contestar a reintegração de posse concedida pela Justiça aos ex-empregados da Taba.