Itu, SP, 05 (AE) - As chuvas que vêm caindo na região restabeleceram o nível dos reservatórios que abastecem a cidade de Itu, a 98 quilômetros de São Paulo, e levaram o Serviço Autônomo de água e Esgotos (SAAE) a suspender o racionamento que durava mais de 60 dias. Os 150 mil moradores, que estavam recebendo água apenas durante a noite, dispõem, desde hoje, do líquido durante o dia todo. O prefeito Leonel Salvador (PMDB) revogou o decreto que havia assinado no início de dezembro, considerando o município em estado de emergência. Com as chuvas
que têm atingido de 10 a 20 milímetros por dia, os reservatórios do Fubaleiro, Braiaiá e Itaim, que estavam praticamente secos, recuperaram a capacidade normal de adução. Com a superação da mais grave crise no abastecimento de Itu, o prefeito vai insistir na privatização do serviço de água, única forma, segundo ele, de garantir recursos para a ampliação da captação, tratamento e distribuição do líquido. O projeto está sendo discutido com a Câmara Municipal.
A prefeitura vai inaugurar no próximo mês um conjunto de piscinões para a contenção de enchentes em área próxima do centro. As últimas chuvas serviram para testar a capacidade de retenção de água dos piscinões.