A Defesa Civil do Estado de São Paulo divulgou ontem que o número de pessoas mortas em decorrência das chuvas que atingiram a cidade anteontem já chega a 13. As informações ainda são desencontradas quanto à identificação das vítimas. O IML Oeste recebeu 13 corpos, sendo 12 vítimas do soterramento em Vila Andrade e uma do soterramento na Rua dos Xambores, no Parque do Lago.
Ontem, voltou a chover em algumas regiões da capital paulista e causou transtorno. Segundo o Centro de Gerenciamento e Emergência (CGE) da Prefeitura foi decretado estado de atenção em toda a cidade de São Paulo. Chove forte nos bairros de Vila Prudente, na zona leste, Ipiranga, na zona sul, e em parte da zona oeste. Nas zonas sul e central a chuva é considerada leve.
Revoltados com as consequências das chuvas de anteontem e ontem, moradores realizaram uma manifestação na Avenida João Dias, próximo da Avenida Carlos Caldeira Filho, no Campo Limpo (zona sul). Eles bloquearam a avenida com entulho e atearam fogo. O trânsito teve que ser desviado.