Catadores de papel são presos acusados de roubar estátua18/Mar, 16:57 Por Rodrigo Mattos Rio, 18 (AE) - Os catadores de papel Edmílson de Oliveira Amâncio, de 37 anos, e Elias Mendonça, de 47, foram detidos no Aterro do Flamengo, no Rio, hoje, por volta das 11 horas, com uma estátua de bronze retirada de uma praça do Centro. Como não houve flagrante, mesmo tendo antecedentes criminais, Amâncio foi liberado após prestar depoimento. Mendonça ficou preso porque havia um mandado de prisão em São Paulo contra ele, por roubo. A estátua de bailarinas ornamenta a Praça Paris, recentemente reformada. Os catadores alegaram ter encontrado a estátua no Aterro. A polícia acredita que Amâncio e Mendonça iam derreter a peça para vender o bronze.