Carnaval em Salvador vai invadir a Quarta-Feira de Cinzas, apesar de alguns protestos7/Mar, 15:29 Por Biaggio Talento Salvador, 07 (AE) - A tentativa de impedir, este ano, que o carnaval baiano continuasse a invadir a Quarta-feira de Cinzas, articulada pela Câmara Municipal, Igreja Católica e associações de moradores da orla marítima, pode não dar certo. A expectativa é de que amanhã (08), pelo menos três festas animem o folião até tarde: o encontro dos trios, no Largo do Farol da Barra, o arrastão da Timbalada na orla e a estréia da "trivela", iniciativa do cantor Durval Lélis, líder da Banda Asa de águia. Hoje, a festa voltou a animar os três circuitos do carnaval no Pelourinho, o centro e a orla marítima com praticamente 200 blocos saindo às ruas. A manutenção do carnaval até a Quarta-Feira de Cinzas fez a Secretaria de Segurança rever seus planos de policiamento da cidade, uma vez que a escala de serviços previa o encerramento do trabalho especial às 8 horas da manhã. A escala foi prorrogada para as 20 horas, tudo para garantir a segurança dos milhares de foliões que devem brincar até o último minuto da festa. Trios - O trio Armandinho, Dodô e Osmar vai comandar um encontro especial de trios no Farol da Barra que deve contar com as participações de Moraes Moreira, Caetano Veloso, Gilberto Gil e provavelmente Gal Costa. Será uma homenagem aos 50 anos da invenção do trio elétrico. O encontro foi criado por Osmar Macedo, um dos inventores do trio, na década de 70, realizado sempre na Praça Castro Alves. Este ano Armandinho, filho de Osmar decidiu transferir a festa para o Farol da Barra por ser um espaço maior. Mas na Castro Alves deve ocorrer um outro encontro de trios independentes, sob o comando da cantora Baby do Brasil. Armandinho acredita que o encontro no Farol deve ser encerrado às 8 horas. Logo depois, às 10 horas, Carlinhos Brown comanda o arrastão da Timbalada, um desfile do bloco entre o Largo do Farol da Barra ao Bairro de Ondina. Já a "trivela" foi lançada em plena avenida por Durval Lélis, mas não se sabe ao certo como a festa vai ocorrer. O artista, conhecido pela sua irreverência, pretende tocar na praia também na manhã de amanhã para acordar os foliões da ressaca da madrugada. Modernidade - As "canjas" marcaram este ano o carnaval de Salvador, possibilitadas pelo que o cantor Gilberto Gil definiu de "coisas modernas". Os grandes trios elétricos desfilavam com potentes microfones sem fio, permitindo aos astros, que assistiam o carnaval nos camarotes, cantassem em dueto com os artistas do trio. Gil foi convidado várias vezes para cantar, principalmente pelo trio de Armandinho, Dôdo e Osmar. Mas o mais assediado acabou sendo Caetano Veloso. Na noite de ontem e madrugada de hoje ele cantou do camarote da prefeitura na Praça do Campo Grande com Netinho, do Bloco Beijo, e com Tonho Matéria, do Simpatia. Em momento algum esse assédio pareceu incomodar Caetano; ao contrário, ele se divertiu muito animando os foliões com suas participações.