Carnaval à moda antiga em Rio Claro4/Mar, 16:40 Por Clayton Levy Campinas, SP (4)- Nem axé music nem trio elétrico. No carnaval do Clube dos Veteranos de Rio Claro as quatro noites de folia são animadas por marchinhas que fizeram sucesso nas vozes de artistas consagrados como Dalva de Oliveira e Silvio Caldas. Com 230 sócios, sexagenários, o clube realiza o baile há 46 anos. E, se depender dos frequentadores, o carnaval à moda antiga continuará assim por muito tempo. "Valorizamos o verdadeiro carnaval", diz o diretor-social do clube, Aristeu Lautenschleger, de 76 anos. Para manter a tradição, além do respeito ao repertório antigo, as bandas que animam os bailes dispensam os instrumentos elétricos. "É tudo na base do violão, pandeiro e pistom", conta. "Somos todos do tempo de A Jardineira." A folia de salão, iniciada hoje, vai até terça-feira, sempre das 23 às 4 horas. Os bailes contam ainda com a animação de quatro blocos, também de veteranos. Na última noite, o mais animado recebe um troféu. O sucesso do carnaval à moda antiga de Rio Claro tem razão de ser. Estudo feito pela Universidade Estadual Paulista mostrou que a cidade registra o maior índice de crescimento da população idosa do interior. Isso explica o fato de, nos últimos dois anos, o número de clubes dirigidos à terceira idade ter saltado de 15 para 35. Ao todo, são 2 mil sócios. "Rio Claro é a cidade dos aposentados", diz um dos conselheiros do Clube dos Veteranos, José Benedito Correa, de 70 anos, e um dos foliões mais animados. "Eu desfilava em escolas de samba e recebi o título de Cidadão Carnavalesco."