Los Angeles, EUA, 26 (AE-AP) - O norte-americano Justin Huish, medalha de ouro no tiro com arco e herói popular na Olimpíada de Atlanta, em 1996, poderá ser condenado a quatro anos de prisão por tráfico de drogas. O julgamento será dia 16. Huish, de 25 anos, e um cúmplice, Brian Mastrangelo, de 24, foram acusados, formalmente, na Califórnia, de ter vendido drogas a um informante da polícia. No apartamento do atleta, foram encontrados 172 gramas de maconha e US$ 23 mil em dinheiro.