Brasil tem melhor resultado da história na Olimpíada Internacional de Matemática


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Pela primeira vez, o Brasil ficou entre os 10 melhores países na Olimpíada Internacional de Matemática (IMO, na sigla inglês). O time, formado por seis jovens de quatro estados, conquistou uma medalha de ouro e cinco de prata.

Com 142 medalhas, o Brasil é o país latino-americano com maior número de premiações na competição.

A 61ª edição da IMO, que teve 105 países participantes, aconteceria em São Petersburgo, na Rússia, mas foi realizada remotamente devido à pandemia da Covid-19. As provas foram aplicadas em 21 e 22 de setembro, e o resultado foi divulgado no domingo (27).



O ouro brasileiro foi conquistado por Pedro Gomes Cabral. As medalhas de prata ficaram com Bernardo Peruzzo Trevizan, Francisco Moreira Machado Neto, Gabriel Ribeiro Paiva, Guilherme Zeus Dantas e Moura e Pablo Andrade Carvalho Barros.

Pedro havia sido medalhista de prata na edição do ano passado da IMO, e Bernardo e Guilherme tinham conquistado o bronze.



Os seis, todos estudantes do ensino médio, com idades entre 14 e 19 anos, foram medalhistas da 41ª OBM, a Olimpíada Brasileira de Matemática, passaram por três testes seletivos e um treinamento até a IMO.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo