|
  • Bitcoin 124.790
  • Dólar 5,1592
  • Euro 5,3248
Londrina

Geral

m de leitura Atualizado em 04/07/2022, 07:00

Brasil registra mais de 25 mil casos de Covid em 24h

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 04 de julho de 2022

Folhapress
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

São Paulo - O Brasil registrou 79 mortes por Covid e 25.549 casos da doença neste domingo (3). Com isso, o país chegou a 672.017 vidas perdidas e a 32.502.469 infectados pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia. Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso do Sul e Sergipe não registraram óbitos. Distrito Federal, Maranhão, Minas Gerais, Roraima e Tocantins não divulgam os dados aos finais de semana.

A média móvel de mortes é de 223 por dia, um aumento de 58% em relação ao dado de duas semanas atrás. A média de infecções chegou a 60.785 por dia, crescimento de 63%. Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S. Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do coronavírus.

As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais. O país tem, ao todo, 179.109.568 pessoas que receberam pelo menos a primeira dose de uma vacina contra a Covid no Brasil. Somadas as doses únicas da vacina da Janssen, já são 167.564.527 pessoas com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen.

Assim, o país já tem 83,37% da população com a 1ª dose e 78% dos brasileiros com as duas doses ou uma dose da vacina da Janssen. Até o momento, 95.106.751 pessoas já tomaram a dose de reforço. O consórcio reúne também o registro das doses de vacinas aplicadas em crianças. A população de 5 a 11 anos parcialmente imunizada (com somente a primeira dose de vacina recebida) é de 63,26%, totalizando 12.968.698. Na mesma faixa etária, 38,57% (7.906.381) recebeu a segunda dose ou a dose única.

Os dados da vacinação contra a Covid-19 foram afetados pelo ataque hacker ao sistema do Ministério da Saúde, ocorrido em dezembro, o que levou à falta de atualização em diversos estados por longos períodos de tempo. O consórcio de veículos de imprensa recentemente atualizou os números de população brasileira usados para calcular o percentual de pessoas vacinadas no país. Agora, os dados usados são a projeção do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para 2022.