São Paulo, 1 (AE/Dow Jones) - Na véspera da decisão sobre o futuro dos juros nos EUA, os investidores decidiram esvaziar suas posições no mercado e colocar no bolso os ganhos, o que pressionou algumas das principais Bolsas da ásia. Outros mercados acabaram espelhando-se na recuperação de Nova York, onde a Média Industrial Dow Jones subiu 1,84%. No pregão da Coréia do Sul, o índice Kospi caiu 15,13 pontos (-1,60%), para 928,75 pontos. O país anunciou que registrou um déficit comercial de US$ 400 milhões em janeiro, ante um superávit de US$ 629 milhões no mesmo mês de 1998. Foi o primeiro resultado negativo da balança sul-coreana desde outubro de 1997.
Em Hong Kong, o Hang Seng subiu 121,52 pontos (+0,78%), para 15.653,86 pontos, revertendo parte das perdas de ontem. A alta de ontem em Nova York deu suporte ao mercado de HK, mas a iminência de uma elevação dos juros norte-americanos acabou contendo um a reabilitação mais forte. Além disso, os investidores institucionais também optaram por um comportamento "de lado" em razão do feriado de Ano Novo na China, que será comemorado amanhã e quinta-feira. Em Taiwan, a perspectiva positiva para a economia local e os ganhos em Wall Street motivaram a alta do Taiwan Wghtd, que subiu 111,50 pontos (+1 14%), para 9.856,39 pontos.
Na Indonésia, o índice Jacarta Composto derreteu 19,52 pontos (-3,06%), para 616,85 pontos, com o receio sobre possíveis atritos entre o governo e o Exército, depois que o presidente pediu que o General Wiranto deixasse o gabinete. Nas Filipinas, o PSE Composto perdeu 15,99 pontos (-0,80%), para 1.973,44 pontos. Em Cingapura, o Straits Times ficou praticamente estável, somando 0,11 ponto, para 2,230.39. Na Tailândia, o Thai Set registrou uma devalorização de 1,80 ponto (-0,37%), para 475,77 pontos. Não houve pregão na Malásia em razão de um feriado local.