Bolsas da ásia fecham sem sincronia; HK sobe 0,55%2/Mar, 9:25 São Paulo, 2 (AE/Dow Jones) - Excluindo o desempenho reluzente da Bolsa da Coréia do Sul, que disparou 8% com compras centralizadas no setor de semicondutores, e da Tailândia, os demais mercados da ásia encerraram os negócios desta quinta-feira no território negativo. Na Bolsa da Tailândia, o Thai Set avançou 19,83 pontos (+5,33%), para 391,39 pontos. Em Hong Kong, o índice Hang Seng conseguiu recuperar-se na queda de ontem e subiu 93,22 pontos (+0,55%), para 16.936,81 pontos, com a titã China Telecom dando sustentação para o pregão. As ações da empresa escalaram 4,3%, espelhando-se na disparada de 2,75% de suas American Depositary Shares, ontem, em Nova York. A Cable & Wireless HKT voltou a cair, desta vez, perdendo 2,6%, com os investidores digerindo ainda os detalhes do acordo de venda da empresa para a Pacific Century CyberWorks. Nas Filipinas, o PSE Composto subiu 13,49 pontos (+0,81%), para 1. 667,44 pontos. As demais Bolsas da ásia seguiram a mesma trajetória declinante de Tóquio, que caiu 0,08%. Com os investidores realizando lucro em razão da proximidade da eleição presidencial, marcada para o dia 18 de março, a Bolsa de Taiwan caiu 145,28 pontos (-1,49%), para 9.543,82 pontos. Em Cingapura, o Straits Times fechou em 2.110,17, com perda de 3,88 pontos (-0 18%), com a preocupação sobre uma elevação do juro minando o entusiasmo inicial dos investidores motivado pela alta de 1,83% do Nasdaq, ontem. Na Indonésia, o Jacarta Composto caiu 18,95 pontos (-3,35%), para 546,52 pontos, acompanhado pela Bolsa da Malásia, onde o índice KLSE encerrou o dia em 941,82 pontos, perdendo 28,14 pontos (-2,90%).