São Paulo, 1 (AE/Dow Jones) - A Bolsa de Tóquio encerrou a sessão no território positivo, com o índice Nikkei-225 rompendo a marca dos 2.000 pontos pela primeira vez desde o dia 9 de fevereiro para fechar no nível mais alto desde 31 de julho de 1997. As ações de alta tecnologia ajudaram a respaldar os ganhos do Nikkei, na esteira da aceleração do Dow Jones (+0,89%) e do Nasdaq (+2,60%) ontem, em Nova York. O Nikkei-225 avançou 122,15 pontos (+0,61%), para 20.081,67 pontos.O Topix, índice amplo com a variação de todos os papéis da primeira sessão, subiu 6,30 pontos (+0,36%), para 1.725,24 pontos. Apesar do fechamento positivo, o mercado japonês continuou pressionado pela iminência do fim do ano fiscal no dia 31 de março.
O Nikkei encerrou o ano fiscal de 1998 em 15.836,59 pontos. Os traders voltaram a identificar a forte presença das instituições corporativas, que continuaram desfazendo-se de posiçõ es cruzadas, e vendas de papéis em uma onda de window dressing. Esse procedimento é usado normalmente por administradores dos fundos que vendem posições que acarretam prejuízo e concentram as aplicações em papéis valorizados para alavancar os resultados de seus portfólios com a proximidade do fim de um trimestre ou ano fiscal. Com esse movimento, as blue chips foram beneficiadas. A Sony subiu 0,3%, com as expectativas em torno do lançamento do PlayStation 2 no próximo sábado. Acompanhando os ganhos das empresas de semicondutores ontem em Nova York, a Nec avançou 4% e a Toshiba ganhou 4,4%. Os investidores desfizeram-se da NTT Docomo, que caiu 2,3%, e do Softbank, que recuou 2,5%.