Paris, 03 (AE-DOW JONES) - A Bolsa de Valores de Paris fechou com o índice CAC-40 em queda de 40,95 pontos (0,69%), em 5.917 37 pontos. Segundo traders ouvidos pela Dow Jones, o mercado operou boa parte do pregão em alta, com o CAC superando pela primeira vez os 6.000 pontos, para alcançar a máxima de 6.102 pontos.
A reversão da tendência, no final do pregão, foi atribuída à influência da queda do mercado em Nova York. As ações da Thomson-CSF, do setor de tecnologia militar, fecharam em alta de 3,7%, em meio a especulações de que ela estaria para comprar a Racal britânica.
As da Cap Gemini, da área de serviços de informática, avançaram 1,6%, devido à expectativa de que ela se associe à consultoria Ernst & Young. A realização de lucros, depois de fortes ganhos recentes, levou as ações da Canal Plus a caírem 6 6%; as do banco Societé Générale caíram 3,5%.
Na Bolsa de Frankfurt, o índice Xetra-DAX fechou em que da de 207,38 pontos (2,98%), em 6.750,76 pontos. O mercado alemão também operou a maior parte do pregão em alta, com o DAX acima de 7.000 pontos; a queda em Nova York provocou realização de lucros e ajustes de carteira. "Os investidores imaginavam que as coisas fossem diferentes, esta manhã. Mas uma cerca angústia prevaleceu", disse o trader Klaus Stabel, da ICF Freimakler.
As ações da SAP fecharam em alta de 0,8%, depois de terem chegado a subir 4,4%; as da Siemens chegaram a subir 2,7%, mas fecharam em queda de 2,8%. As da DaimlerChrysler caíram 3,8%, depois de terem chegado a subir 1,9%.