Campinas - O menino de um ano, arremessado contra o pára-brisa de um carro em movimento pelo pai, Alexandre Alvarenga, teve alta ontem da enfermaria pediátrica do Hospital Municipal Mário Gatti, em Campinas, a 100 km de São Paulo. A assessoria de imprensa do hospital informou que o menino foi levado pelos avós maternos.
De acordo com o boletim médico, o bebê apresentava estado neurológico regular. Ele deve continuar fazendo fisioterapia pois seus membros do lado direito continuam parcialmente paralisados. De acordo com os médicos, ainda não é possível saber se a criança terá sequelas.
O menino ficará com a irmã, de seis anos, na casa dos avós maternos. A menina também foi vítima do pai, que bateu sua cabeça em uma árvore e é acusado de tentativa de homicídio.
Alvarenga está preso em Hortolândia e a mulher dele, Sara Maria, detida na cadeia de Valinhos, sob acusação de participação nos dois crimes. No dia 2 deste mês, Alvarenga jogou o filho contra um carro em movimento e bateu várias vezes a cabeça da filha contra uma árvore. O depoimento do casal está marcado para o dia 26.