Bauru registra primeiro caso de dengue autóctone no ano3/Mar, 16:02 Por Jair Aceituno, especial para a AE Bauru, SP, 03 (AE) - O Instituto Adolfo Lutz confirmou o primeiro caso de dengue autóctone - contraído na própria cidade - este ano em Bauru, no interior de São Paulo. A divulgação foi feita ontem à tarde junto com o resultado positivo de um outro paciente, que contraiu a doença em Minas Gerais. Com isso, subiu para cinco os casos de dengue registrados na cidade desde o início do ano. Há ainda outros 13 suspeitos, cujos resultados deverão ser conhecidos nos próximos dias. O surgimento do caso autóctone colocou os agentes de saúde em alerta. No ano passado a cidade registrou uma epidemia de dengue, com quase 300 casos. Se um dos doentes daquela fase voltar a contrair a dengue, poderá tê-la na forma hemorrágica, que pode levar à morte. O Departamento de Saúde Coletiva da prefeitura, respnsável pelo controle das doenças, informa que apesar de toda a vigilância e das campanhas realizadas junto à população, é alta a infestação do mosquito Aedes aegypti - transmissor da doença - na área urbana. A larva do mosquito estava presente em cerca de 90% das amostras de água parada coletadas pelos técnicos em quintais e outros locais que podem servir de criadouros do inseto. Junto com a campanha feita pelos pelos meios de comunicação, visitadores percorrem todos os domicílios urbanos fiscalizando os quintais e pulverizando inseticida em locais onde pode ocorrer a criação. No último dia 24 foi iniciado o sexto ciclo de visitas da operação preventiva, iniciada logo após o inverno. No ano passado, a epidemia foi oficialmente constatada no final de fevereiro, levando os responsáveis pelo setor de saúde pública a realizar mutirão de limpeza e a nebulização da cidade. As medidas permanentes dos últimos meses retardaram o aparecimento da doença neste ano, mas os órgãos de saúde mantém-se em alerta.