Balsa será resgatada dia 15
Belém A direção da Texaco no Brasil e técnicos de órgãos responsáveis pelo meio ambiente decidiram ontem que a balsa Miss Rondônia, que afundou há oito dias com 1,8 milhão de litros de óleo no porto de Vila do Conde, em Barcarena (PA), será retirada do fundo do Rio Pará na próxima terça-feira, dia 15. A balsa não mais irá flutuar com todo o óleo armazenado em seus tanques. O medo de que ela se rompa durante a operação fez os técnicos das empresas Smith American e Oil Spill Response Limited mudarem seus planos. Os técnicos e ambientalistas brasileiros decidiram retirar o óleo dos tanques através de bombas de sucção e mangueiras que ficarão em uma outra balsa, próxima ao local. Depois, dentro dos tanques vazios, será injetado ar para que a embarcação flutue. O diretor de Meio Ambiente da Secretaria de Ciência Tecnologia e Meio Ambiente do Pará (Sectam), Paulo Altieri, disse que essa é a melhor alternativa para a retirada segura da balsa do fundo do rio. Sacos com areia serão colocados em torno da balsa, no fundo do rio, durante o resgate.