Karachi, Paquistão, 05 (AE-AP) - Maulana Masood Azhar, um dos três prisioneiros libertados pela Índia em troca do fim do sequestro de oito dias de um avião da Indian Airlines com 155 reféns, entrou no Paquistão desde o vizinho Afeganistão, disse Ansar Shah, porta-voz do movimento islâmico Harakat ul-Mujahedin. Segundo ele, Azhar está no sulista cidade portuária de Karachi.
O paradeiro dos outros dois prisioneiros libertados - Mushtaq Ahmed Zargar, um indiano da Caxemira, e Ahmed Umar Saeed Sheik, um paquistanês com cidadania britânica - é desconhecido. Eles não foram vistos desde o fim do sequestro. O Conselho da Jihad Islâmica, que representa vários grupos islâmicos que lutam pela independência da Caxemira, assegurou hoje que os sequestradores ainda estão no Afeganistão, contrariando as informações do movimento Taleban de que os sequestradores deixaram o país e entraram no Paquistão.
"De acordo com nossas informações, eles ainda estão em Kandahar", a cidade afegã onde o avião ficou detido por vários dias, disse Syed Salahuddin, chefe do conselho.