Curitiba, 03 (AE) - O feriado de fim de ano no Paraná terminou com mais acidentes e mais mortos do que o anterior, mesmo tendo um dia a menos. Enquanto em 98/99, as polícias rodoviárias registraram 229 acidentes, com nove mortes, no feriado de 99/2000 foram 252 acidentes e 17 mortes.
O aumento no número de ocorrências deve-se aos excessos cometidos nas estradas sob jurisdição da Polícia Rodoviária Estadual, principalmente à velocidade acima do permitido. Os acidentes nessas rodovias aumentaram 23,40%, passando de 141 para 174, e o número de mortos cresceu 333%, de três para 13. Nas estradas federais, houve redução tanto no número de acidentes, que baixou de 88 para 78 (11,36%), quanto no de mortos, que caiu de seis para quatro (33,33%).