Vitória - Seis pessoas de uma família de agricultores foram mortas a golpes de foice, facadas e pedradas. O crime aconteceu em uma propriedade rural, na localidade de Cocal, em Santa Leopoldina, na região serrana de Vitória, no Espirito Santo. Quatro vítimas foram encontradas na tarde de sábado, e outras duas, na manhã de ontem. A polícia ainda não tem pistas dos criminosos ou do motivo dos homicídios. Foram mortos Lena Souza Calote, 70 anos, o marido dela, Orlando Cruz de Mendonça, 69, Maria de Lourdes Cruz Pagung, 43 filha de Lena e Orlando , Nicolau Pagung, 53 casado com Maria de Lourdes e as duas filhas adolescentes do casal, Luciana Pagung , 16, e Fabiana Pagung, 14. Todos os cadáveres estavam em adiantado estado de decomposição.
Quatro corpos foram encontrados pelo patrão das vítimas, o agricultor E.S., 25 anos, por volta das 15 horas de sábado. Ele estranhou a ausência de Nicolau e foi até a residência das vítimas para procurá-lo. No quintal encontrou o corpo de Orlando. Quando a polícia chegou ao local, encontrou também o corpo de Lena, próximo ao do marido. Dentro da casa, os policiais encontraram os corpos de Maria de Lourdes e da filha Fabiana.
Parentes das vítimas disseram à polícia que Luciana e Nicolau estavam desaparecidos. Os policiais militares e alguns moradores da região fizeram buscas nas imediações da casa, mas nada encontraram, pois já havia escurecido. Na manhã de ontem, o cabo da PM Wellington Lannes fez buscas na propriedade, com outros dois moradores da região. Por volta das 9 horas, eles localizaram o corpo de Nicolau e da filha Luciana, no meio de um cafezal.