Buenos Aires, 07 (AE) - A resolução 46/2000, assinada pelo secretário de Agricultura da Argentina, Antonio Berhongaray, no final da semana passada, deve acirrar o conflito existente hoje entre Brasil e Argentina sobre o comércio de carne de frango entre os dois países. A resolução argentina cria barreiras sanitárias à importação de frango, o que deverá afetar o comércio bilateral com o Brasil.
Das informações sanitárias requeridas pelo governo argentino estão a certificação de que o país exportador seja declarado livre da "influenza aviária" e da "doença de New Castle" pelos critérios do Escritório Internacional de Epizootias (OIE). A resolução também estabelece que a carne de frango venha com registro de origem, não fazendo nenhuma referência específica aos países do Mercosul.