Após fracasso na Uefa, Juve busca título11/Mar, 16:13 Roma, 11 (AE/AP) - A Juventus de Turim não terá nem tempo para esquecer a goleada de 4 a 0 sofrida para o Celta de Vigo, quinta-feira, que desclassificou o Alvinegro da Copa da Uefa. Líder do Campeonato Italiano com 53 pontos, a Juventus visita o lanterninha Torino, pela 25ª rodada da competição - só uma vitória pode devolver ao time a tranquilidade para lutar pelo título italiano desta temporada. Fora da Copa da Uefa e da Copa da Itália, resta ao técnico Carlo Ancelotti o consolo de ser o principal favorito ao scudetto, que seria o 26.º título do clube piemontês. Nas dez rodadas derradeiras, os talentos individuais do time serão, mais do que nunca, necessários - a armação do francês Zidane e do holandês Davids e os gols de Filippo Inzaghi e Alessandro del Piero. A equipe tem o pior ataque entre o sete primeiros colocados, com 35 gols marcados, mas a defesa é a menos vazada da competição: só tomou 11 gols. A Roma, outro clube italiano que foi eliminado da Copa da Uefa na "quinta-feira negra" - há 16 anos que a Itália não tinha pelo menos um representante nas semifinais da Copa da Uefa -, precisa da vitória neste domingo, fora de casa, contra o Cagliari. O time de Cafu, Aldair, Antônio Carlos e Marcos Assunção divide a quarta posição com o Milan, com 45 pontos. O lateral, contundido, não joga. Mas o Cagliari tem quatro desfalques importantes, entre eles o brasileiro naturalizado belga, Luís Oliveira. O Milan, atual campeão, recebe o modesto Verona. Mas o jogo, teoricamente fácil, pode trazer problemas para o técnico Alberto Zaccheroni. Isso porque ele foi duramente criticado pelo presidente do clube, Sílvio Berlusconi, segundo os jornais Corriere della Sera e Gazzetta dello Sport. O dirigente teria exigido a demissão imediata de Zaccheroni, que não quis substituir o atacante Bierhoff no clássico do domingo passado contra a Inter. Na opinião de Berlusconi, o atacante alemão estava jogando mal e seria trocado por Hernán Crespo, com o Parma, ao final desta temporada. Segundo os jornais, foi a interferência do vice-presidente, Adriano Galliani, que manteve o emprego de Zaccheroni. Completam a rodada: Bari x Parma; Reggina x Udinese; Torino x Fiorentina; e Perugia x Lecce.