Brasília, 18 (AE)- O Ministério da Fazenda acabou de informar aos membros da Comissão Especial da Câmara que analisa a emenda constitucional da Reforma Tributária que a reunião marcada para as 14 horas de hoje foi suspensa. A justificativa apresentada foi a de que o governo pretende avançar melhor nas conversas internas para definir a posição a ser apresentada aos parlamentares e representantes dos governos estaduais e municipais, no âmbito da comissão tripartite.
Essa reunião seria decisiva para um acordo que pretende resultar em uma nova proposta de reforma tributária que ficará no lugar do substitutivo do relator deputado Mussa Demes (PFL-PI). O governo alegou que será necessário aprofundar as conversas internas uma vez que a reunião da comissão será decisiva. Uma nova data para a reunião ainda será marcada. A informação foi dada pela assessoria da Comissão Especial.