Assine e navegue sem anúncios [+]

Acidentes em rodovias federais do PR têm queda de 22%


Vitor Ogawa - Reportagem Local
Vitor Ogawa - Reportagem Local

Os acidentes em rodovias federais do Paraná apresentaram uma queda de 22% em relação ao ano passado. Houve redução de 9% no registro de feridos graves. Esse é o balanço da Operação Nossa Senhora Aparecida nas rodovias federais paranaenses, conduzida pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) entre sexta-feira (8) e terça-feira (12).


De acordo com Marcos Vinícius da Silva,  chefe da delegacia da PRF de Londrina, a redução de feridos graves é bem considerável. "É difícil evitar 100% dos acidentes, mas os feridos graves e os óbitos são índices que a gente procura reduzir e por isso a quantidade de policiais aumenta durante esse período."  



 

Número de acidentes nas rodovias federais da região passou de 155 para 121
Número de acidentes nas rodovias federais da região passou de 155 para 121 | Divulgação/PRF-Paraná
 


Nesse intervalo foram registrados 121 acidentes, dos quais resultaram 39 feridos graves e oito mortes. No ano passado, também em cinco dias foram registrados 155 acidentes, com 43 feridos graves e oito mortes. 


Segundo ele, houve um aumento considerável do fluxo de veículos em relação ao ano passado, mas ainda assim menor que a expectativa. "Devido à pandemia, houve sim um aumento de fluxo em relação a 2020, mas em comparação com 2019 existia uma tendência de ter mais movimentação nessa época do ano, principalmente por causa da semana 'do saco cheio'. Mas este ano houve pouca movimentação. Com a previsão de chuva, as pessoas acabaram não saindo tanto quanto a gente imaginou", destacou.



Foram autuados 60 motoristas embriagados, 311 pessoas estavam sem o cinto de segurança, e 62 crianças não estavam em cadeirinha ou assento elevado. Foram anotadas 384 ultrapassagens irregulares. "Esta infração teve seu valor pecuniário aumentado devido à sua gravidade e ainda assim as pessoas continuam realizando essas ultrapassagens em local proibido. Aqui na região temos 500 quilômetros de rodovia federal, mas esse tipo de infração é pouco registrado no nosso trecho. Ocorre mais em trechos de pista simples", apontou. Segundo Silva,  em 2020 houve 25 acidentes e nove vítimas graves. "Nesse mesmo período desse ano nós tivemos apenas nove acidentes com duas vítimas graves, então foi uma redução bem considerável.  



QUADRO NACIONAL


Em cinco dias de operação foram registrados 260 acidentes graves nas rodovias federais de todo o país,  uma queda de 21,7% em relação ao ano passado. Mesmo com menos acidentes, o número de mortes ficou em 86, apenas 4,5% abaixo do que em 2020, quando foram registradas 90 mortes.


Foram 1.038 acidentes este ano, 14% a menos que em 2020. “Por mais que tenha havido um incremento no número de veículos em relação a 2020, a fiscalização conseguiu surtir efeito”, disse o inspetor Djairlon Henrique Moura, diretor de Operações da PRF.


Receba nossas notícias direto no seu celular. Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo