Cooperativa tem papel decisivo O desempenho é demonstrado na produção, na difusão de tecnologia e na profissionalização do lavrador Da Redação Aquele papel foi destacado pelo vice-prefeito de Ubiratã, João Petrica, no dia-de-campo promovido em 25 de março pela Coagru, sediada naquele município. Ele considera decisivo o trabalho da cooperativa no aumento da produtividade na região e disse ter percebido que ‘‘o produtor tem se profissionalizado cada vez mais, condição indispensável para que ele suporte a maior concorrência de mercado que hoje vivemos.’’ Na abertura do dia-de-campo o presidente da Coagru, Áureo Zamprônio, afirmara o compromisso da empresa ‘‘com a produção e a produtividade agropecuária na região’’. Ele ressaltou, também, o trabalho na Unidade Experimental da cooperativa – ‘‘demonstração de que a Coagru dá prioridade a esses pontos’’. Participação Mais de mil pessoas (produtores, autoridades, técnicos, pesquisadores e representantes de empresas fornecedoras) visitaram os estandes montados Unidade Experimental da cooperativa. O diretor-executivo da Ocepar, engenheiro-agrônomo José Roberto Ricke, disse que considera este um ano de ‘‘perspectivas’’ para o cooperativismo, tendo em vista que o Governo ‘‘começa a dar sinais de atendimento’’ aos projetos das cooperativas, através do Programa de Revitalização das Cooperativas (Recoop). A Unidade Experimental da Coagru foi instalada há dois anos numa área de 55 metros quadrados, onde são desenvolvidas 16 atividades nesta época do ano, desde ensaios com as culturas de verão à produção de frutas e verduras em estufa; jardinagem, compostagem, produção de húmus, pecuária e outras. Atividades Na Unidade Experimental as principais atividades são: 1 hectare de café adensado, com 1.900 pés irrigados e 8.000 sem irrigação, da variedade Iapar-59. Plantado em 1999, esse café está com porte duas vezes maior do que o convencional. Foram demonstrados ainda: produção de melão verde rendilhado (variedade Bônus-II, japonesa) e melancia; campo de milho com 34 híbridos, produzidos por 15 empresas; 40 cultivares de soja plantadas em outubro e dezembro; 12 variedades de algodão de três épocss de plantio, com ensaios sobre espaçamento, densidades, tratamento de semente com inseticida, micronutriente, adubação de cobertura com uréia, sulfato de amônio e potássio e nitrogênio; ensaios com 14 variedades de feijão e duas variedades de arroz; criação de frango de corte caipira da raça label-rouge; bovinos de cruzamento industrial confinados simental, brangus, nelore, rede angus e animais puros nelore e red angus; modelo de pomar doméstico em área de 1.100 metros quadrados, com 20 espécides de frutas, para produção o ano inteiro; jardim com diversas espécies de plantas ornamentais, ensaios com 12 variedades de amoreiras para bicho-da-seda, 12 tipos de gramíneas para alimentação animal; tratamento de madeira com adição de produtos químicos ao eucalipto, para produção de palanques com alta durabilidade; compostagem com aproveitamento de resíduos de beneficiamento de grãos e casca de algodão para produção de adubo orgânico.