#PONTOS DA SEMANA - Sem redes sociais


Erika Gonçalves - Grupo Folha
Erika Gonçalves - Grupo Folha

#BOLÍVIA

#PONTOS DA SEMANA - Sem redes sociais
Cláudio Cruz/AFP
 


  


Evo Morales renunciou à Presidência da Bolívia no domingo (10), depois de quase 14 anos no poder, para “pacificar o país”. Ele já enfrentava protestos e acusações de fraude eleitoral desde 20 de outubro, dia das eleições nacionais. A oposição o acusava de manipular o resultado e ele denunciou um golpe de Estado em andamento. Inúmeros protestos contra e a favor do governo acontecem por todo o país. No último domingo a OEA (Organização dos Estados Americanos) pediu uma nova eleição depois da auditoria das urnas. Mesmo com o ex-presidente convocando novas eleições, as Forças Armadas pediram que Morales renunciasse.   


  



#LULALIVRE

  

#PONTOS DA SEMANA - Sem redes sociais
Henry Milleo/AFP
 


Após 580 dias o ex-presidente Lula foi solto. Ele estava preso em uma cela especial na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 7 de abril de 2018. A soltura ocorreu após o Supremo Tribunal Federal ter decidido, por 6 votos a 5 que uma pessoa condenada só pode ser presa após o fim dos recursos. A decisão alterou a jurisprudência que permitia a prisão logo após a condenação em segunda instância. O ex-presidente, entretanto, continua enquadrado na Lei da Ficha Limpa e não pode disputar eleições.   




  



#MISS PLUS SIZE

  


A brasileira Nina Sousa, 28, venceu a competição Miss Top of the World, na Ucrânia, no último sábado (9), sendo considerada a modelo plus size mais bonita do mundo. Nascida em Volta Redonda, no Rio de Janeiro, ela foi eleita Miss Plus Size do Rio de Janeiro em 2018. "Esse é o momento mais importante da minha vida! Muitas dificuldades eu passei pra chegar até aqui! Mas eu venci! Eu venci a dor, venci o cansaço, venci as energias negativas. O Brasil venceu comigo nessa linda noite e eu só posso agradecer por ter vindo representar o Brasil na Ucrânia, por ter tido tantos apoiadores e amigos comigo!", escreveu em seu Instagram.  


  

#STAN LEE 

#PONTOS DA SEMANA - Sem redes sociais
Arquivo FOLHA
 


  

 


Nesta terça-feira (12) completou um ano da morte de Stan Lee, grande nome da cultura pop e do universo Marvel. Ele foi o cocriador de personagens marcantes como Homem-Aranha, Incrível Hulk, Quarteto fantástico, Thor, Homem de Ferro, X-Men e outros. Em 2008, ele foi premiado com a American National Medal of the Arts por sua contribuição na produção de quadrinhos e em 2011 ganhou uma estrela na calçada da fama, em Los Angeles. Em seu aniversário de morte os fãs lotaram as redes sociais de homenagens e levaram seu nome aos trending topics.   


  


  


#DPVAT 



  


O presidente Jair Bolsonaro anunciou na segunda-feira (11) a edição de uma medida provisória que extingue o seguro obrigatório DPVAT a partir de 1 janeiro de 2020. O DPVAT protege motoristas, passageiros e pedestres em caso de acidente de trânsito em todo o território nacional e as indenizações podem ser requeridas em casos de morte, invalidez permanente ou para pagamento de despesas médicas suplementares. Os sinistros ocorridos até 31 de dezembro continuarão sendo cobertos pelo DPVAT. A Seguradora Líder, atual gestora do DPVAT, continuará responsável pelos procedimentos de cobertura até 31 de dezembro de 2025. Depois a União assumirá os direitos e obrigações envolvendo o DPVAT. Segundo o Ministérios da Economia, em caso de acidentes os cidadãos terão atendimento na rede pública, através do SUS.  


  


  


#DPVAT 2


  

#PONTOS DA SEMANA - Sem redes sociais
Dida Sampaio/Estadão
 


A extinção do Dpvat atinge diretamente o presidente do PSL e desafeto do presidente Jair Bolsonaro, deputado Luciano Bivar, controlador e presidente do conselho de administração da seguradora Excelsior, empresa credenciada pelo governo para cobertura do seguro DPVAT. A empresa intermediou o pagamento, de janeiro a junho de 2019, de R$ 168 milhões em indenizações relacionadas ao seguro, segundo relatório de auditoria da Líder DPVAT. Bolsonaro e Bivar protagonizam um racha no PSL, sendo que a briga ficou mais evidente no momento de escolher quem comandaria a bancada na Câmara: Eduardo Bolsonaro ou Delegado Waldir (PSL-GO), aliado de Bivar. Eduardo foi escolhido depois de seis listas. 


  


  

#IRRITADO


  

#PONTOS DA SEMANA - Sem redes sociais
Sergio Lima/Estadão Conteúdo
 


O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) apagou seus perfis nas redes sociais na terça-feira (12). Conhecido por compartilhamentos e opiniões polêmicas o filho n° 2 do presidente Jair Bolsonaro não declarou qual seria o motivo da decisão. Alguns especulam se a ação foi para sair de foco em momento de CPMI das fake news; outros acreditam que a mudança de partido do pai poderia ter motivado a saída das redes. 


No domingo (10), em uma de suas últimas postagens, Carlos publicou uma montagem do pai como o personagem fictício Thanos, supervilão da editora Marvel, a imagem viralizou e foi motivo de chacota por internautas que se perguntavam se o vereador não tinha entendido o filme "Vingadores: Guerra Infinita". Até uma versão "Lula de Ferro" foi criada em referência "Vingadores: Ultimato". O assunto permaneceu em alta no Brasil até a terça-feira quando seus perfis foram deletados.  


  


 


 


Continue lendo


Últimas notícias