#[email protected] - #A menina que matou os pais


Jair Segundo - Estagiário
Jair Segundo - Estagiário

#Asa Branca 

O Brasil perdeu na última terça-feira (4) o locutor de rodeios Waldemar Ruy dos Santos, conhecido por Asa Branca. Na década de 1980, o locutor introduziu nos rodeios a locução com microfone sem fio e popularizou ainda mais a expressão “Segura peão!”, criada pelo também locutor de rodeios Zé do Prato. Homenagens à Asa Branca ganharam as redes sociais após o anúncio de sua morte pelo Instituto do Câncer de São Paulo, onde ele estava internado desde o dia 25 de janeiro. Asa Branca foi diagnosticado com o vírus HIV em 2007 e há 3 anos lutava contra um câncer na boca.  

 

 

#m@is - #A menina que matou os pais
iStock
 

#A menina que matou os pais  

Os filmes que retratam o homicídio do casal Manfred e Marísia von Richthofen ganharam os primeiros trailers nesta semana. “A menina que matou os pais” vai contar a versão da filha do casal Suzanne von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão por ser a mandante do crime. Já o longa “O menino que matou meus pais” retrata a ótica do namorado de Suzanne à época e executor do assassinato, Daniel Cravinhos. Ambos os filmes são dirigidos por Maurício Eça, roteirizados por Ilana Casoy e baseados nos autos dos processos.  



 

Suzanne von Richthofen em 29 de junho de 2005
Suzanne von Richthofen em 29 de junho de 2005 | Tuca Vieira/Folhapress
 

O crime chocou o Brasil e até hoje é um dos casos de assassinato que mais ganhou repercussão da mídia. O casal Richthofen foi morto a pauladas, a mando da filha Suzanne, pelos irmãos Daniel e Cristian Cravinhos na noite do dia 31 de outubro de 2002, na mansão onde moravam no Brooklin, região nobre de São Paulo.


#BBB20 

Um vídeo gravado em Londrina viralizou nas redes sociais na última terça-feira (4). O registro postado no Twitter da estudante Isabela Adriane mostra a comemoração dos londrinenses em um bar da cidade ao assistirem à eliminação do ginasta Petrix Barbosa da 20ª edição do Big Brother Brasil. O ginasta causou polêmica no reality show da Rede Globo por atitudes consideradas como assédio contra as participantes Bianca Andrade e Flayslane. Em menos de 24 horas no ar, o vídeo postado no perfil de apenas 90 seguidores já tinha ultrapassado 12 mil retweets e 50 mil curtidas.  


#Pedro Bial 

"É uma ficção alucinante”, disse o jornalista Pedro Bial, 61, sobre o documentário “Democracia em vertigem”, que retrata o processo de impeachment da ex-presidenta Dilma Roussef (PT) e a prisão do ex-presidente Lula (PT), em 2016 e 2018, respectivamente. Bial afirmou ainda que a diretora do longa, Petra Costa, fica “choramingando o filme inteiro” e disse que deu boas risadas com o filme.  


Petra Costa, diretora do documentário 'Democracia em Vertigem"
Petra Costa, diretora do documentário 'Democracia em Vertigem" | Greg Salibian/Folhapress
 


As declarações do jornalista em entrevista ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha, repercutiram nas redes sociais e tags como #SomosTodosPetraCosta figuraram entre os assuntos mais comentados do Twitter nessa semana. “Democracia em vertigem” foi indicado ao Oscar na categoria Melhor Documentário e é a única produção brasileira a concorrer à estatueta neste domingo (9).  


#Depravação Total 

O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) disse que o PT (Partido dos Trabalhadores) instaurou uma “depravação total” no Brasil ao longo dos anos em que esteve no poder. A declaração foi feita na última quarta-feira (5) em entrevista coletiva na saída do Palácio do Planalto, na qual o presidente defendeu a campanha de prevenção da gravidez na adolescência lançada pelo MMFDH (Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos) e pelo MS (Ministério da Saúde). O assunto foi muito comentado ao longo da semana nas redes sociais e tags como #Depravação apareceram nos trending topics do Twitter.

Damares Alves
Damares Alves | Frederico Brasil/Futura Press/Folhapress
 


A campanha “Adolescência primeiro, gravidez depois – tudo tem o seu tempo”, lançada na última segunda-feira (3), foi acusada de incentivar a abstinência sexual para adolescentes no Brasil. Em nota, tanto a ministra do MMFDH, Damares Alves, quanto o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmaram que houve uma interpretação equivocada da campanha, já que ela não visa proibir atividades sexuais entre adolescentes, apenas “retardar o início da vida sexual”.  


Supervisão: Patrícia Maria Alves -  editora

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias