Mas o que as pessoas tanto pesquisam ?


Erika Gonçalves - Grupo Folha
Erika Gonçalves - Grupo Folha

Mas o que as pessoas tanto pesquisam ?



No Brasil, em 2018, tivemos como assuntos em alta em comparação com 2017, segundo o Google Trends: 




- Buscas 


  


 1 Copa do Mundo 


 2 Big Brother Brasil 


 3 Eleições 2018 


 4 Jair Bolsonaro 


 5 Horário de Brasília 


  




- Como fazer? 


  


1 Como fazer slime? 


2 Como fazer figurinhas no WhatsApp? 


3 Como fazer gasolina? 


4 Como fazer crepioca? 


5 Como fazer perguntas no Instagram? 


  




- O que é? 


  


1 O que é fascismo? 


2 O que é intervenção militar? 


3 O que é lúpulo? 


4 O que é Ursal? 


5 O que é Corpus Christi? 


  

Esses resultados estão disponíveis na sessão "Pesquisas do Ano" na qual é possível ver quais os termos que estiveram em alta em todo o mundo. 



Qual a diferença entre ser o mais buscado e estar em alta?



Os termos em alta são aqueles que em determinado período foram alvo da curiosidade de muitas pessoas, mas não necessariamente são os mais buscados nesse mesmo intervalo de tempo. 





O Google Trends também tem outras listas: Por quê?, Acontecimentos, Celebridades, Séries, Programas de TV e novelas, Tecnologia, Mortes, Esportistas, Virou Meme e Filmes. 


  

Em outros intervalos de tempo, como um mês determinado, ou ainda em uma região ou cidade específica não é possível fazer a busca por assuntos, mas é possível ver o termo de maior interesse em determinado dia.


Por exemplo: Se clicarmos no termo "Copa do Mundo", podemos ver um gráfico sobre os períodos de tempo e qual foi o grau desse interesse. O interesse maior, de 100, foi no período de 24 a 30 de junho de 2018. 


Olhando o interesse por sub-região, vemos que Santa Catarina foi onde ele chegou ao índice máximo de 100. O Paraná ficou em quarto lugar, com um interesse de 93. Clicando em Paraná, vemos as cidades com maior interesse, por ordem decrescente. Marechal Cândido Rondon ficou com 100, seguida por Dois Vizinhos, com 90 e Rolândia em terceiro, com 88. Londrina aparece em 26º, com índice de busca de 75. 


Os índices são fechados após a meia noite, portanto as posições podem mudar. No dia da redação desta matéria, por exemplo, a maior tendência do dia até o final da tarde era "Ebserh", com mais de 100 mil pesquisas e se referia a um concurso. No dia anterior, a maior tendência tinha sido "Cruzeiro", se referindo às mudanças no time, com mais de 1 milhão de pesquisas. 


Érika Gonçalves / Reportagem Local  


Continue lendo


Últimas notícias