Imagem ilustrativa da imagem Faça bonito na festa em família
| Foto: Shutterstock



Além do amigo-secreto, as divisões de tarefas, pratos, decoração da festa podem gerar desentendimentos. Há quem prefira ratear em valores, há quem queira levar um prato. Se tudo for bem conversado, o risco de chateações é menor.

"Antes de levar o prato, pergunte para o anfitrião se ele está de acordo para saber se já há uma organização da ceia", explica a consultora em etiqueta, Elizabete Côrtez. Segundo a especialista, é possível escolher o que levar combinando com a organização. "Mas também se te pediram para levar sobremesa e você não souber fazer, você pode comprar. Tentar dar uma solução para não ter complicações para quem está organizando. Também é possível trocar com outro convidado", orienta.

Segundo a consultora, o anfitrião ou quem está orientando sobre a festa deve informar a quantidade do prato, porque sabe quantas pessoas serão convidadas e quantos pratos terão na mesa. "Você vai levar um tamanho que você costuma servir na sua casa, não precisa fazer um tamanho enorme", indica.

Nas bebidas, não vale a pena ficar monitorando quantas e quais as marcas e tipos você levou. "Não adianta levar a melhor cerveja e não querer que ninguém tome. Você entrega para o anfitrião e ele vai distribuir", conta.

Se tudo for combinado, as chances de ter perturbações diminuem e há diversas formas de dividir os custos. "Podem ser divididos os ingredientes em valores e alguém preparar. Quem vai decidir tudo sempre é o anfitrião. Inclusive ele pode determinar até se pode ou não levar roupa de banho em local que tem piscina", exemplifica.(L.T.)

NA HORA DO AMIGO-SECRETO
• Não diga que não gostou do presente
• Nunca ultrapasse o valor estipulado
• Não esqueça o presente
• Não pergunte se pode trocar o presente na festa
• Na hora da revelação, não cite as características negativas do amigo
• Não elogie em excesso no momento do anúncio
• Não exclua outras pessoas da confraternização na organização da brincadeira
• Não reclame do presente, do amigo ou da organização
• Sempre abra o presente na frente do amigo que presentou
• Nunca troque o papel sorteado com outra pessoa
• Não finja que tirou o próprio nome para poder trapacear o sorteio
Fonte: Elizabete Cortês