Na São Silvestre
- A argentina Mariana Sensi, da cidade de Rosário, é professora de educação física e está em Londrina fazendo especialização na área. E foi contratada como intérprete em lingua espanhola para o torneio pré-olimpico de futebol. Muita simpática, sorridente, uma pessoa sempre entusiasmada, decidiu participar da Corrida de São Silvestre em São Paulo. E foi, acompanhada de seu pai, Juan Sensi, que tambem é professor de educaçao física, como a mãe, Lilian e a irmã Roxana. Entre 1.500 competidoras, Mariana ficou entre as 150 primeiras colocadas. Disse que foi um dos dias mais felizes de sua vida.


Foto:Dorico da SilvaSebastião Mendonça é psícologo e cursilhista

O mundo não acabou!
E agora que tipo de vida você vai levar?
- Recebi, ontem na Redação, a sempre agradável visita do prof. Sebastião de Almeida Mendonça, o experimentado psicólogo, craque em hipnose e rollista dos Cursilhos de Cristandade em Londrina. Brincou ele: ‘‘como 2.000 chegou e o mundo não acabou, eu vim desejar a você e a todos da nossa querida FOLHA um feliz e auspicioso ano novo.’’ E após abraçar o jornalista João Milanez, e com ele tomar um cafezinho, Sebastião Mendonça comentou que a passagem deste ano foi bastante diferente de todas as outras. Porque em nenhuma delas houve tantas pessoas, milhões mesmo, apavoradas com o propalado fim dos tempos, apregoado pelos donos da verdade.
- Um deles chegou a dizer - lembrou Mendonça - que ‘‘está na Bíblia: dois mil anos não se passarão...’’ Por certo, ele confundiu com algum livro de profecias infalíveis. Evidentemente, que ele nunca deve ter lido o versículo 13 do capítulo 25 de São Mateus, que diz: ‘‘Vigiai e orai, porque não sabeis nem o dia nem a hora’’. Um outro marcou a data do fim do mundo: 11 de agosto de 99! Nada aconteceu! A não ser o eclipse total do Sol.
- ‘‘Suponhamos, no entanto, meu caro Militão’’ - afirmou o visitante - ‘‘que esses profetas da catástrofe tivessem acertado. E que quando bilhões de terráqueos estivessem vendo o Sol sumindo de vez, em pleno dia, e ouvissem uma vóz com a seguinte proposta: ‘Se o fim do mundo for suspenso, que tipo de vida você vai levar daqui para diante?’ Digamos que todos assumissem o compromisso de melhorar em tudo, de parar de reclamar, de viver com entusiasmo, de abrir mão de seus vícios, de trabalhar com dedicação, de cuidar bem da família e de amar o próximo como a si mesmos? Não seria excelente para todos? Fim do mundo suspenso, poderemos viver um novo modelo de vida! De fato, o mundo novo está aí à nossa volta. Com muitas esperanças para todos. Dependerá sempre de nós!’’
O prof. Sebastião não veio à FOLHA dar entrevista. Eu é que transformei a conversa em matéria. Porque a gente sempre aprende com ele.



Arquivo pessoal
Folhinha Sexy
- A londrinense Andréa Cardoso está morando no Rio, onde estuda direito e teatro. Enquanto isso, posa para fotos e participa de shows. Ela está, juntamente com Naná Gouvea, em nova produção na revista Sexy que chegou às bancas. E tambem na sua folhinha sexy, para o ano 2.000, que ela espera vender bastante.



- Eu disse a ele, entre um cafezinho e um telefonema para Luis Carlos Miguita, novo secretário municipal do idoso, a quem ele desejou grande sucesso, pois competência o médico tem muita, que todos desejam ser felizes, mas que o grande problema é a distribuição da riqueza. Eu acho - comentei - que o dinheiro é coisa do capeta! Que afasta as pessoas, causa desavenças, brigas, intrigas e injustiças! O prof. Sebastião Mendonça não concordou comigo. Disse que o dinheiro foi criado para trazer a harmonia entre os povos, há sete Séculos antes do nascimento de Jesus Cristo. Exatamente na Lídia, Grécia Antiga, na mesma época em que surgiu a Filosofia, com Táles de Mileto. Antes havia o sistema do escambo, onde as pessoas trocavam mercadorias. Mas nem sempre todos ficavam satisfeitos e havia muita desavenças, mortes e até revoltas.
- E surgiu o dinheiro, cuja função tem sido atrapalhada pela gana desesperada de muitos. Tudo bem, dinheiro traz segurança. Isto em psicologia pode ser considerado reforço primário. Há os aspectos objetivo e subjetivo do dinheiro. Dinheiro sem filosofia de vida, de pouco adianta. Filosofia de vida sem dinheiro, tambem não dá. O que faz mal, portanto, é a ganância! O próprio Jesus mandou dar a César o que era de César. Eu acrescento: Roma foi gananciosa, queria tudo para ela. Seus generais mandaram no mundo. Vejam o que restou, então, do vasto Império Romano!
- Sugeri ao prof. Sebastião Mendonça que ele volte a dar aquele curso sobre Psicologia Familiar, o mesmo que deu inicio às atividades da Faculdade Mulher em Londrina, um nome fantasia que se transformou depois em Universidade. Mas esta é outra história que fica para depois, para o ABC do Militão. Do qual escrevi três páginas, mostrei ao advogado Antonio Carlos de Andrade Viana, e ele me disse: está ótimo, mas só nas duas primeiras páginas, você vai arrumar uns três processos! É que a história da minha Londrina teve um começo de Peyton Place. Cujo texto inicial, certa vez, foi elogiado pelo jornalista Walmor Macarini, ‘‘como a melhor coisa que ele já havia lido na FOLHA, há algum tempo atrás’.
- E depois de outro café, conferindo os Salmos, com Sebastião Mendonça, eu disse a ele: gostei da missa de domingo na Catedral, com o padre Bernardinho. Fazia tempo que eu não ida. Acho ele ótimo! Mas confesso, tem hora penso que sou um homem de pouca fé. Talvez por experiências que já tive, notadamente no trabalho. Vivo perguntando, indangando, pesquisando! Como se fosse adiantar alguma coisa tambem! Engano seu - disse Sebastião. Não confunda fé com crença; fé é encaminhar para o bem, é cultivar o bem, e isso é o que você mais tem feito, pelo menos na FOLHA. Como eu disse a ele no início da visita à Redação: eu sempre aprendo com o Bastião!

Oswaldo Militão

- O Clube dos Corintianos promoveu o ‘‘jantar da paz’’ na chácara do Lago e convidou representantes das outras torcidas. Serviram ‘‘risoto de galo à moda do Parque São Jorge’’. Na foto, José Cezário da Rocha, o anfitrião, Manoel Ilídio Salgado, torcedor da Portuguêsa de Desportos e Francisco Negri, ex-presidente do Clube. Corintianos fanáticos lá estiveram. O melhor da noite foi a discussão sobre quem ficou com a bandeira corintiana que a tia do Plácido Arrabal bordou para este médico, fanático alvi-negro. Ele diz que foi o Serginho Pinto. Este nega. E para enfrentar os corintianos os sãopaulinos tiveram no tambem médico Álvaro Jabur um grande representante. Ele enfrentou dez corintianos! Inclusive o sogro. Eu acho que o Silvio Rodrigues Alves seria um grande presidente para o Clube dos Corintianos.

Roberto Brasiliano

O anestesista Wanderley Lopes dos Santos é o novo diretor clínico do Mater Dei. Na foto, com a irmã Elvira Maria Lawand. O hospital também é mantido pela Iscal. O médico Fadh Haddad foi reeleito para a Superintendência da Santa Casa.

Festa dos Maçons
- Está marcado para o dia 9 de fevereiro o banquete ritualístico dos maçons, comemorando o aniversário do Grande Oriente do Paraná. Jorge Zewe Coimbra, grão mestre da Regeneração 3a., informa que esta Loja comemorará 55 anos de fundação no próximo dia 19. Por outro lado, haverá dia 20, no Vale das Acácias, jantar e confraternização, que deverá reunir muitos dos quase mil maçons dque pertencem às dez lojas de Londrina.

Perguntar não ofende
- Que fim levou o projeto do vereador Jacy Aguiar solicitando a preservação da antiga Casa Paroquial, onde foi tambem a primeira escola de Londrina, localizada no terreno do Colégio São Paulo (Sociedade Fafá di Bruno)? Me disseram que o lobby contra foi tão grande, por parte de outros interessados, que o vereador Carlos Kita retirou-o de pauta. Só que parece que já estão desmanchando as construções no terreno vendido (ou negociado em parceria?). Acorda Câmara Municipal! Este é um ano eleitoral. O povo precisa começar a ter memória.

Alessandra Sorace
- A artista plástica Alessandra Sorace casa-se com o argentino Roberto Miguel Soto, dia 20, às 20 horas, na Igreja Imaculada Conceição, em Londrina. Ela é filha do casal Marlene-Ademézio Alexandre dos Santos e de Amanda Inês e Roberto Soto. O bonito casal fixará residência em São Paulo, onde os dois já trabalham.

No Royal Plaza
- É grande a movimentação de vestiblandos no Shopping Royal Plaza, que preparou uma programação especial para estudantes e familiares. Em parceria com o curso Dom Bosco, há plantões para dúvidas e correções de provas. Na praça da alimentação, shows de Marcelo Camargo, Marquinhos Diet e Arthur & Gisele. E o sucesso das foggadias e pizzas do ‘Giggio’, de Luizinho Daminelli, do self-service do Dá Licença, sob o comando do Enio Junior, do café e do Kiberama, alem de outras atrações.

José do Carmo
- O prefeito José do Carmo Garcia, de Cambé, está de férias. Deve retornar dia 25. A vice-prefeita Iracema Góis Gomes, que já atua como secretária geral, responde pelo cargo e dá sequência tranquila aos trabalhos.