CENA VIP

Arquivo Folha

Pé-frio
A Bolsa de Valores de Nova York tem servido como um termômetro do calibre das celebridades internacionais. Por anos a fio famosos são convidados para tocar a campainha que dá início às atividades financeiras do dia (hoje representada pelo som de cornetas, anteriormente por um gongo chinês).

•
Uma das brincadeiras dos corretores da bolsa é observar quem é pé-quente: Muhammed Ali, Neil Simon e Bill Cosby estão entre os que mais deram sorte aos negócios (Cosby abriu um dia em que o índice atingiu 189 pontos).
•
Mas a mais azarada da história é mesmo a modelo Claudia Schiffer (foto), que, de acordo com informações reveladas pela instituição, fez o pregão cair 20 pontos quando passou por lá.