FOLHA ENEM - Caderno 11 - Linguagens e códigos


 

FOLHA ENEM - Caderno 11 - Linguagens e códigos
 



Caderno de questões

Caderno 11



Linguagens e Códigos (21/12/2020)

(ctrl+p para a versão de impressão)


1. (Colégio Marista)

He regresado al valle

yo les cuento a mis amigos Soñando esos amores

que en el tiempo florecieron Y aunque me encuentro lejos

de su gente no me olvido Conservo aún el cariño

y el amor que allí me dieron

Camino por las noches

me despiertan los anhelos Las aguas tan bonitas

que tiene el Guatapurí


Carlos Vives é um cantor colombiano, autor dessa canção que retrata que ele não esquece dos fatos do Valle, região onde viveu. Um dos versos que comprova essa interpretação é:

a) He regresado al valle

b) Soñando esos amores

c) que en el tiempo florecieron

d) Conservo aún el cariño

e) Camino por las noches


2. (Colégio Marista)

EL ECLIPSE

Cuento Autor: Augusto Monterroso

Cuando fray Bartolomé Arrazola se sintió perdido aceptó que ya nada podría salvarlo. La selva poderosa de Guatemala lo había apresado, implacable y definitiva. Ante su ignorancia topográfica se sentó con tranquilidad a esperar la muerte. Quiso morir allí, sin ninguna esperanza, aislado, con el pensamiento fijo en la España distante, particularmente en el convento de los Abrojos, donde Carlos Quinto condescendiera una vez a bajar de su eminencia para decirle que confiaba en el celo religioso de su labor redentora.

Al despertar se encontró rodeado por un grupo de indígenas de rostro impasible que se disponían a sacrificarlo ante un altar, un altar que a Bartolomé le pareció como el lecho en que descansaría, al fin, de sus temores, de su destino, de sí mismo.

Tres años en el país le habían conferido un mediano dominio de las lenguas nativas. Intentó algo. Dijo algunas palabras que fueron comprendidas.

Recordó que para ese día se esperaba un eclipse total de sol. Y dispuso, en lo más íntimo, valerse de aquel conocimiento para engañar a sus opresores y salvar la vida.

-Si me matáis -les dijo- puedo hacer que el sol se oscurezca en su altura. Entonces floreció en él una idea que tuvo por digna de su talento y de su cultura universal y de su arduo conocimiento de Aristóteles.

Disponível em: http://www.unq.edu.ar/advf/documentos/5b06e31cd4870.pdf


O texto pretende provocar uma reflexão sobre

a) A prática dos sacrifícios humanos efetuada por uma tribo.

b) A importância de saber outras línguas.

c) A boa instrução dos religiosos da época.

d) A atitude de superioridade e subestimação conhecida como racismo.

e) O espírito de sobrevivência da raça humana.


3. (Colégio Marista)

Rated at the bottom of a new list released this week on English proficiency in a 54-country survey, Brazil is now rushing to play catch-up on the linguistic front after decades of low priorities placed on English – and Spanish – learning. With its vast size, the language barrier placed between the Portuguese-speaking nation and the rest of Spanish Latin America, and two decades of military rule that ended in the 1980s, Brazil was for a long time very inward-looking, closing its door to outsiders.

But experts say that’s changing – albeit slowly – as the world eyes Brazil's booming energy sector, its public works projects, and its plans to host the World Cup in 2014 and the Summer Olympics in 2016. And with a rising middle class, millions of Brazilians are today beginning to treat English classes not as a privilege for the rich but as a commodity, not unlike a gym membership.

Disponível em: https://www.csmonitor.com/World/Americas/2012/1026/Wanted-in-Brazil-more-English-speakers


O domínio de idiomas é também um meio de ampliar as possibilidades de inserção do indivíduo na sociedade. Taylor Barnes, redator do texto, enumera alguns motivos que explicariam a importância do aprendizado da língua inglesa para os brasileiros na atualidade, a saber:


a) O crescimento da classe média, a ampliação das escolas de inglês e o maior número de academias de ginástica.

b) O crescimento do setor de energia, os projetos de obras públicas e os planos do Brasil para sediar a Copa do Mundo e as Olimpíadas.

c) O rápido crescimento do número de falantes do idioma inglês na América Latina e o avanço da economia brasileira.

d) A mudança lenta de paradigmas culturais e a maior oferta de cursos de inglês, antes restritos às camadas ricas da sociedade brasileira.

e) A ascensão dos brasileiros à classe média, a exigência do inglês nos concursos públicos e os planos do Brasil para sediar a Copa do Mundo e as Olimpíadas.


4. (Colégio Marista)

 

FOLHA ENEM - Caderno 11 - Linguagens e códigos
Reprodução
 


Criado pelo alemão Joseph Pilates durante a Primeira Guerra Mundial, o método contribui para transformação de hábitos corporais e tem ganhado reconhecimento da classe média devido a estudos que comprovam sua efetividade no tratamento de determinadas dores e lesões. A imagem mostra um exercício avançado de Pilates em que a pessoa deve manter-se na posição por meio minuto, nele as capacidades físicas trabalhadas são:

a) Força e velocidade.

b) Agilidade e equilíbrio.

c) Flexibilidade e velocidade.

d) Força e agilidade.

e) Força e equilíbrio.


5. (Colégio Marista)

A sequência de imagens Hoje eu acordei...foi divulgada em uma página de uma rede social e teve como intenção

 

FOLHA ENEM - Caderno 11 - Linguagens e códigos
Reprodução
 

 

FOLHA ENEM - Caderno 11 - Linguagens e códigos
Reprodução
 


a) Criticar conceitos tradicionais da arte.

b) Considerar situações cotidianas como feitos artísticos.

c) Ressignificar conceitos artísticos com tom humorístico.

d) Apresentar o significado real de grandes obras de arte.

e) Enfatizar a importância da arte na construção da identidade.


6. (Colégio Marista)

 

FOLHA ENEM - Caderno 11 - Linguagens e códigos
Reprodução
 


No segundo quadrinho a palavra “para” em “Para trabalhar, para nos amar, para fazer parte deste mundo em um mundo melhor” exprime o sentido de:


a) Condição, pois a mãe lista as diretrizes da existência humana.

b) Concessão, pois apresenta uma hipótese de resposta à pergunta da Mafalda.

c) Tempo, pois indica o período no qual a pergunta da menina se insere.

d) Consequência, pois se trata da exposição de um ato que sucede outro.

e) Finalidade, pois expressa o objetivo de as pessoas estarem no mundo como pergunta a menina.


7. (Colégio Marista)

Raimundo Correia – As pombas


Vai-se a primeira pomba despertada...

Vai-se outra... mais outra... enfim dezenas

De pomba vão-se dos pombais, apenas

Raia sanguínea e fresca a madrugada...

E à tarde, quando a rígida nortada

Sopra, aos pombais de novo elas, serenas,

Ruflando as asas, sacudindo as penas,

Voltam todas em bando e em revoada...

Também dos corações onde abotoam,

Os sonhos, um por um céleres voam,

Como voam as pombas dos pombais;

No azul da adolescência as asas soltam

Fogem... Mas aos pombais as pombas voltam,

E eles aos corações não voltam mais...


No soneto de Raimundo Correa, os quartetos estabelecem com os tercetos uma relação de comparação entre

a) O voo das pombas e os sonhos da juventude.

b) As pombas e os corações.

c) Os pombais e os sonhos.

d) A pomba despertada e as pombas que não voltam.

e) O ruflar das asas e o azul da adolescência.


8. (Colégio Marista)

O que ocorre em seu organismo após ingestão de refrigerante:

10 Minutos: seu corpo recebe os mesmo nutrientes equivalentes a 10 colheres de chá de açúcar, o que corresponde a 100% da recomendação diária.

20 minutos: o açúcar no sangue aumenta, ocorre um pico de insulina e o fígado transforma o açúcar em gordura.

40 minutos: as pupilas dilatam, a pressão aumenta e o fígado joga ainda mais açúcar na corrente sanguínea.

45 minutos: aumenta a produção de dopamina, com efeito similar a uma dose de heroína.

50 minutos: ocorre um aumento no metabolismo e a eliminação de cálcio pela urina, o que pode causar osteoporose.

70 minutos: a falta de açúcar causa irritação e/ou preguiça. A água do refrigerante já foi eliminada pela urina junto com os nutrientes.


Disponível em: https://www.bonde.com.br/saude/nutricao/saiba-o-que-ocorre-em-seu-organismo-apos-a-ingestao-de-refrigerantes-322748.html


Os riscos do consumo excessivo de refrigerantes vão muito além da obesidade. Segundo dados do texto acima, a ingestão frequente da bebida a longo prazo prejudica também

a) Os ossos.

b) Os olhos.

c) A bexiga.

d) O sangue.

e) O coração.


9. (Colégio Marista)

A pizzaria que convida clientes a deixar uma fatia paga para moradores de rua.

Os clientes que topam aderir pagam US$ 1 pela fatia de pizza que deixam a um morador em situação de rua e ainda têm a oportunidade de escrever um bilhete carinhoso ao beneficiado. Resultado? O lugar consegue alimentar, todos os dias, dezenas de pessoas que têm fome e ainda é puro amor! Isso porque Wartman não retira das paredes sequer um post-it escrito pelos clientes que participam da iniciativa – e pelos moradores em situação de rua, que muitas vezes fazem questão de retribuir as mensagens de carinho que recebem. Disponível em:

https://thegreenestpost.com/pizzaria-que-convida-clientes-deixar-uma-fatia-paga-para-moradores-de-rua/#:~:text=Wartman%20hoje%20%C3%A9%20dono%20da,condi%C3%A7%C3%A3o%20de%20pagar%20pelo%20servi%C3%A7o.


O objetivo do jornalista ao divulgar a iniciativa da pizzaria Rosa’s Fresh Pizza, localizada nos Estados Unidos, em um site voltado para o público brasileiro foi

a) Entreter o público com uma história divertida.

b) Comover o público com a precariedade da vida de pessoas em situação de rua.

c) Divulgar um exemplo de ação que resgata a identidade de pessoas em situação de rua.

d) Divulgar uma estratégia de marketing inovadora.

e) Cobrar ações governamentais que retirem as pessoas de situação de rua.


10. (Colégio Marista)

“Mal começou a dança, entrou Vicente, encourado, vermelho, com o guarda-peito encarnado desenhando-lhe o busto forte e as longas perneiras ajustadas ao relevo poderoso das pernas” (pág. 17).


“Mariinha Garcia, ao embarcar no bonde, deixa entrever inadvertidamente, os tornozelos; Vicente comenta que as pernas são grossas e é frouxamente repreendido pela irmã, ao que retruca: - Para que vocês andam agora com umas saias tão justas? Vão subir no bonde, mostram até a batata da perna...”(pág. 92)

QUEIROZ, R. O quinze. São Paulo. Siciliano, 1993.



O romance O quinze é a obra mais famosa da escritora Raquel de Queiroz. Pertencente ao modernismo, é caracterizada pelo regionalismo nordestino e pelo aspecto psicológico e social abordados. Pela comparação dos trechos acima, é possível notar a presença de um valor social representado pela

a) Desvalorização das relações familiares entre irmãos.

b) Demonstração da posição da mulher na sociedade.

c) Descrição da importância social das vestimentas adequadas.

d) Ridicularização das personagens interioranas.

e) Moralização dos costumes desleixados das cidades grandes.


11. (Colégio Marista)

[...] Apesar de bastante beleza descorada e um tano magra, era Inocência uma beleza deslumbrante.

Do seu rosto irradiava singela expressão de encantadora ingenuidade, realçada pela meiguice do olhar sereno que, a custo, parecia coar por entre os cílios sedosos a franjar-lhes as pálpebras, e compridos a ponto de projetarem sombras nas mimosas faces.

Era o nariz fino, um bocadinho arqueado; a boca pequena, e o queixo admiravelmente torneado.

Ao erguer a cabeça para tirar o braço de sob o lençol, descera um nada a camisinha de crivo que vestia, deixando nu um colo de fascinadora alvura, em que ressaltava um ou outro sinal de renascença.

Razões de sobra tina, pois, o pretenso facultativo para sentir a mão fria e um tanto incerta, e não poder atinar com o pulso de tão gentil cliente.

- Então? – perguntou o pai.

Febre nenhuma – respondeu Cirino, cujos olhos fitavam com mal disfarçada surpresa as feições de inocência.

[...]

TAUNAY, Visconde de. Inocência. São Paulo: Ciranda Cultural, 2017.


Inocência é um romance representativo do regionalismo romântico brasileiro. No trecho em destaque, o narrador justifica a “mão fria e um tanto incerta” de Cirino por este

a) Estar impressionado com a beleza de Inocência.

b) Estar constrangido com a presença do pai de Inocência.

c) Não ter sido treinado com a saúde de Inocência.

d) Estar preocupado com a saúde de Inocência.

e) Estar impressionado com os sintomas de Inocência.


12. (Colégio Marista)

[...]

- O trem maior do mundo, tomem nota –

foge minha serra, vai

deixando no meu corpo e na paisagem

misero pó de ferro, e este não passa.

DRUMMOND, Carlos. A montanha pulverizada. São Paulo: Companhia das Letras. P. 61. 2017.


O excerto busca expressar a natureza do poema a partir da imagem concreta de um trem. No primeiro verso, o adjetivo conecta o substantivo à sua qualidade de “coisa mecânica”, concreta. Os versos seguintes desfazem essa concretude, dessa forma o substantivo” ter”, no poema, transita do concreto para o abstrato, ou do

a) Conotativo ao denotativo.

b) Denotativo ao conotativo.

c) Texto literário para o não literário.

d) Contemplativo para o concreto.

e) Informativo para o descritivo.


13. (Colégio Marista)

Menino e moço

Tombou da haste a flor da minha infância alada. Murchou na jarra de oiro o pudico jasmim: Voou aos altos céus a pomba enamorada Que dantes estendia as asas sobre mim. Julguei que fosse eterna a luz dessa alvorada, E que era sempre dia, e nunca tinha fim Essa visão de luar que vivia encantada, Num castelo com torres de marfim! Mas, hoje, as pombas de oiro, aves da minha infância, Que me enchiam de lua o coração, outrora, Partiram e no céu evolam-se à distância! Debalde clamo e choro, erguendo aos céus meus ais: Voltam na asa do vento os aias que a alma chora, Elas, porém, senhor, elas não voltam mais...

Antonio Nobre


Antônio Nobre é um poeta da segunda metade do século XIX (movimento simbolista), época em que a razão e a ciência imperavam entre as discussões intelectuais. Entretanto, o estilo e temática de “Menino e moço” lembram o Romantismo na medida em que


a) Mostram desapego à ciência e ao progresso.

b) Rememoram a infância como melhor fase da vida.

c) Se aproximam da realidade dura do eu lírico.

d) Citam elementos da natureza, como pomba, lua, céu.

e) Exploram elementos cotidianos, valorizando-os.


14. (Colégio Marista)

 

FOLHA ENEM - Caderno 11 - Linguagens e códigos
Reprodução
 


O cartum obedece a uma sequência em que se instaura um suspense quanto ao que será revelado. No entanto, a passagem do terceiro para o quarto quadrinho evidencia uma situação de

a) Confirmação de expectativa.

b) Quebra de expectativa.

c) Sarcasmo e ironia.

d) Humor involuntário.

e) Narrativa fragmentada.





Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo