ELEIÇÕES 2020 -

Redes sociais e causa animal impulsionam votos de 'novatos'


Guilherme Marconi - Grupo Folha
Guilherme Marconi - Grupo Folha

Redes sociais e causa animal impulsionam votos de 'novatos'
 

 O cinegrafista Deivid Wisley Angelos (Pros), de 32 anos, foi o segundo candidato mais votado para a Câmara Municipal de Londrina nessas eleições. Ele obteve no domingo 4.626 votos na primeira vez que concorreu ao cargo. Novato na política, Deivid atuou como repórter cinematográfico em emissoras de televisão de Londrina. Entretanto, os votos vieram por meio do seu trabalho voluntário feito nos últimos 15 anos cuidando de animais abandonados, segundo ele. "Eu confesso que não esperava por essa votação, mas estava confiante nesse trabalho operacional, que é assunto que ninguém quer resolver. Não fiz campanha pedindo voto, mas com exemplo na rua. Apresentei alguns projetos e tem uma ONG em Londrina que cuida de 1.200 animais e o poder público não ajuda como deveria." 


Mesmo eleito por um segmento específico e com votos concentrados na zona norte, o futuro vereador pelo Pros diz que estará atento aos demais temas em debate e sobre o papel de vereador de fiscalizar e legislar.  "Confesso que sou novo na política, mas como repórter cinematográfico me possibilitou conhecer todos os bairros da cidade e a dificuldade do povo londrinense e adquiri muita experiência com disso." 


Os 32 mil seguidores na rede social e nove anos à frente de um programa vespertino na televisão impulsionaram os votos da educadora física Luciana Silva de Oliveira (PL), 43 anos, que foi a quarta mais votada, com 3.897 votos na sua primeira experiência como candidata. Ela admite que a popularidade com público cativo a ajudaram a conquistar a vaga. "Atribuo a todas essas pessoas que me mandaram mensagem nas redes, me encorajaram neste período." 


Formada em educação física pela Unopar com mestrado em Promoção em Saúde, Lu Oliveira diz que pretende focar em políticas públicas que promovam a qualidade de vida. "Qualidade de vida no sentido amplo. Não só na saúde, mas tudo que garante dignidade de vida, ruas asfaltadas, transporte público de qualidade, postos de saúde, iluminação. Acho que o vereador tem que ficar atento  a todos fatores, sem deixar de focar nas nossas competências." 

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo