Região Metropolitana de Londrina -

Média de idade dos prefeitos eleitos na RML é de 50,96 anos


Vitor Ogawa - Grupo Folha
Vitor Ogawa - Grupo Folha

Os prefeitos eleitos na Região Metropolitana de Londrina têm média de idade de 50,96 anos. O mais jovem deles é  Fernando Coimbra, de Rancho Alegre, com 31 anos, e o mais velho são os eleitos em Ibiporã (Zé Maria, do PSD) e Rolândia (Aílton Maistro, do PSL), com 69 anos. Integram o grupo de eleitos com mais de 60 anos o comerciante Toninho Pelosi (PSL), de Lupionópolis, que tem 66; e Michel Ângelo Bomtempo, o Tuti (PSD), de Assaí, com 62 anos. 


 

Ibiporã terá um dos prefeitos mais velhos em 2021: José Maria ferreira tem 69 anos
Ibiporã terá um dos prefeitos mais velhos em 2021: José Maria ferreira tem 69 anos | Gustavo Carneiro
 


Segundo Pelosi, a idade não representa experiência política. “Eu tenho 66 anos. Tenho experiência de vida, mas pouca experiência política. Eu estava aposentado e agora que era para começar a descansar me envolvi nessa loucura. Sou nascido nesta cidade, em uma vila rural, e tenho comércio. Senti falta de emprego para o nosso povo e essa é uma de minhas metas gerar emprego, atrair indústrias, como pilar em minha campanha. Espero que eu consiga atingir minhas metas. Aí vai ser muito bom”, disse. “Travamos uma batalha dura e saímos vencedores”, destacou. 


Pelosi foi vice-prefeito de Lupionópolis de 1989 a 1992, mas só assumiu o cargo de prefeito em uma oportunidade, e por um período curto. “Foi só por um mês. Não peguei experiência alguma naquela época e agora espero que venha adquirir isso no dia a dia. Naquela época eu era bancário”, contou. Ele garantiu que vai compensar essa falta de experiência com a ajuda do grupo da prefeitura que está nesta administração e que dará continuidade. “Vamos enxugar algumas áreas e montar uma equipe bacana, que pensa igual a mim para fazer um trabalho legal”, afirmou. “Quero dizer ao meu povo que não entrei pelo poder ou dinheiro. Quero fazer o desenvolvimento industrial de minha cidade. Esse é o meu sonho”, prometeu.


PRIVILÉGIO

O prefeito eleito de Assaí, Michel Ângelo Bomtempo, o Tuti (PSD), disse que é um privilégio ser um dos candidatos eleitos mais experientes deste pleito. “Me sinto privilegiado, pois vamos trabalhar para tirar nossa região do corredor da fome. É uma missão árdua, mas vamos mobilizar toda nossa região. O apoio do governador Ratinho (Jr, PSD) será de extrema importância”, declarou. “A minha energia será muito maior do que no meu mandato anterior. Gerar emprego é nossa meta, com o parque industrial”, destacou.



MAISTRO COM COVID

Um dos prefeitos eleitos mais velhos deste pleito, Ailton Aparecido Maistro, 69 anos, foi diagnosticado com Covid-19 nesta segunda-feira (16). De acordo com o presidente do PSL de Rolândia e um dos coordenadores da campanha de Maistro, Diego Silva, o médico infectologista que o atendeu recomendou sua internação no Hospital Evangélico devido à idade avançada e por ser do grupo de risco por ter diabete. “Lá ele possui acompanhamento de hora em hora, com a medição de glicemia e também é realizado o monitoramento da saturação de oxigênio”, destacou Silva. Segundo o presidente do PSL, o estado de saúde de Maistro é estável e ele respira sem ventilação mecânica. “No sábado, durante a carreata, ele chegou a desmaiar, mas acreditamos que seja devido à exaustão, o cansaço da campanha, e também à exposição ao sol. No domingo ele foi à votação e retornou à sua casa. Não ficou circulando pelos locais de votação, mas fez bateria de exames para averiguar o que ele tinha. Na segunda-feira saiu o resultado da bateria de exames e foi constatado que ele estava com Covid-19”, detalhou Silva.



MAIS JOVENS

Entre os prefeitos eleitos mais jovens está o advogado Fernando Carlos Coimbra (Pros), de 31 anos, que já tinha sido conduzido ao cargo com 29 anos. Ele afirmou que os dois anos em que permaneceu no Executivo local foram importantes para que adquirisse experiência para enfrentar o desafio de voltar ao cargo. 


Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística),  a Região Metropolitana de Londrina possui uma população de 1.101.595 habitantes (2018). A região é composta pelos municípios de Londrina, Alvorada do Sul, Assaí, Arapongas, Bela Vista do Paraíso, Cambé, Centenário do Sul, Florestópolis, Guaraci, Ibiporã, Jaguapitã, Jataizinho, Lupionópolis, Miraselva, Pitangueiras, Porecatu, Prado Ferreira, Primeiro de Maio,  Rancho Alegre, Rolândia, Sabáudia, Sertaneja, Sertanópolis, Tamarana e Uraí.


Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo