Uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) comprovou que estão sobrando vagas de emprego na área de TI no Brasil. Segundo o estudo, há um déficit de aproximadamente 92 mil postos de trabalho na projeção para este ano. Entre os motivos para esta carência estão a falta de capacitação técnica e de fluência em inglês. "Estamos perdendo terreno para a Índia pela falta de habilidade em inglês, pois as empresas não encontram profissionais capacitados aqui", aponta Manoel Ferreira da Silva, diretor do Fisk.
Além dos gargalos no setor de tecnologia, o Brasil vai sediar a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas em 2016, ressalta Silva. "Em quatro anos precisamos triplicar o número de pessoas que falam inglês no Brasil".
Segundo o professor, a escola vai promover este mês o 6º Congresso Fisk, em que será apresentado um livro voltado somente a quem já está no mercado. "Será um curso mais compacto e objetivo, direcionado a profissionais liberais", explica. Com duração de um ano, as aulas poderão ser individuais ou em grupo de no máximo 3 alunos. (E.S.)


Imagem ilustrativa da imagem Vagas não preenchidas
Empresas têm dificuldades em contratar no Brasil pela falta de fluência em inglês, aponta Manoel Ferreira da Silva, diretor do Fisk. "Estamos perdendo terreno para a Índia", diz