Não é de hoje que as pessoas escutam falar sobre os malefícios do estresse. Além de tumultuar todo o funcionamento do corpo, ele contribui também com o envelhecimento da pele - ação que assusta a maioria das pessoas, principalmente as mulheres. Mobilizado para atuar diretamente com esse público, o mercado da estética passou a disponibilizar há pouco tempo um novo produto para contribuir com o rejuvenescimento facial: a vacina anti-age. Formulada por moléculas sintéticas, a aplicação não causa efeitos colaterais e proporciona uma reestruturação natural do rosto.
A esteticista Rúbia Muriel explica que o produto foi desenvolvido a partir de biopeptídeos (moléculas de aminoácidos) que amenizam a função estrutural da pele, atuando diretamente na reestruturação e renovação da derme-epiderme. ''É a vacina do estresse. Depois de uma aplicação, a pessoa já sai daqui com uma outra expressão, bem melhor. O nome 'vacina' foi dado porque ela promove um rejuvenescimento interessante sem nenhum procedimento agressivo'', diz.
Durante a aplicação do produto na pele da pessoa, o tratamento atua de maneira que as células reajam contra os agentes que causam o envelhecimento, ficando protegidas para realizarem a renovação celular. ''Costumo indicar pelo menos umas três aplicações. É bastante recomendável em mulheres a partir dos 30 anos de idade. No dia da aplicação é indicado que não se lave o rosto para que os produtos possam agir com bastante eficácia. Os homens também podem aplicar'', reforça.

Composto


São três aplicações por sessão. Em primeiro lugar vem a vacina tópica, que age como um potencializador melhorando a hidratação e outros aspectos relacionados às células da pele do rosto. Depois é aplicado um antídoto para ativar as células-tronco adultas da epiderme, e na sequência um estimulador imunológico aumentado a capacidade de defesa das células.
A eletrotécnica Meire Scripes, 45 anos, sofre de insônia e tem percebido que o acúmulo do estresse aliado às poucas horas de sono acabou refletindo na qualidade da pele do seu rosto. Há apenas alguns meses depois de ter aplicado a primeira vez a vacina anti-age, hoje ela percebe grande melhora. ''Antes eu tinha muitas linhas de expressão, que agora sumiram. Acho que vou demorar muito mais tempo para começar a usar produtos específicos para minha pele e idade porque com a vacina senti realmente uma rejuvenescida no rosto'', comenta.

Fotos: Marcos Zanutto




Imagem ilustrativa da imagem Vacina combate marcas do estresse
A esteticista Rúbia Muriel durante aplicação: ''É bastante recomendável em mulheres a partir dos 30 anos de idade''
Imagem ilustrativa da imagem Vacina combate marcas do estresse
O estresse e a insônia levaram a eletrotécnica Meire Scripes, 45 anos, procurar o tratamento: ''Senti realmente uma rejuvenescida no rosto''
Imagem ilustrativa da imagem Vacina combate marcas do estresse