SUA CASA - Entrada triunfal


Bruna QuintanilhaReportagem Local
Bruna QuintanilhaReportagem Local

Eles são os primeiros cômodos de casas e edifícios e os responsáveis pela recepção de visitantes e moradores. Por esse motivo, os halls devem passar uma boa impressão e ser decorados de maneira adequada. Conforme a arquiteta Adriane Perotoni, ainda que sejam ambientes de passagem, os halls precisam ser agradáveis e aconchegantes. "A decoração do hall é importante, pois vai passar a ideia de como será o projeto como um todo. Além de ajudar a valorizar a obra desde seu início."

De acordo com a arquiteta Lilian Koga, halls principais de edifícios devem ter decoração mais neutra e atemporal, já que precisam agradar a todos os moradores. "Nesses ambientes, se a decoração fica muito marcante, em pouco tempo as pessoas vão enjoar e querer uma nova reforma. Como levantar fundos para esse tipo de obra nem sempre é uma tarefa fácil em edifícios, recomendamos projetos pensados a longo prazo."

Segundo Adriane, os halls de edifícios também pedem um ambiente de estar, que ajudam a deixar a entrada dos prédios mais intimistas. "Mesmo nesses espaços é preciso atentar-se ao número de móveis e artigos de decoração, já que eles não devem atrapalhar a passagem das pessoas", recomenda. A arquiteta Lilian Koga lembra ainda que a mobília desse espaço deve ter fácil manutenção para agregar praticidade ao dia a dia do edifício. "Outro fator importante é não colocar objetos que quebram facilmente ou que podem ferir crianças e idosos que vão passar constantemente por ali", alerta.

Os halls dos pavimentos de um edifício, aqueles que dão acesso aos apartamentos, também precisam de atenção especial, conforme as arquitetas. "Nestes casos é preciso conhecer as normas de cada condomínio. Alguns permitem que haja uma reforma completa, enquanto outros não deixam, por exemplo, que se troque o piso", diz Lilian Koga que acrescenta: "também é essencial que haja harmonia entre os vizinhos". Uma dica básica, segundo Adriane Perotoni, é a utilização de espelhos. "Como é um ambiente pequeno, o espelho vai passar a sensação de amplitude. A iluminação também deve ser pensada com cuidado, já que o espaço não recebe luz natural."

De acordo com a arquiteta Lilian Simões, uma dica importante na hora de se decorar halls, seja de elevadores ou de uma residência, é investir, quando possível, nas paredes, pisos e tetos. "Como se trata de um espaço pequeno dificilmente haverá a possibilidade de colocar mobília. Por isso, podemos usar revestimentos diferenciados. Além do papel de parede", aconselha. A arquiteta Adriane Perotoni divide a mesma opinião e orienta: "paredes com painéis ou com detalhes em relevo dão destaque e ficam bonitas. Pisos com desenhos ou tapetes também são bem-vindos". Outra recomendação das arquitetas é investir nos revestimentos das paredes dos elevadores. "Fazer uma moldura com mármore ou madeira, por exemplo, ajuda a valorizar o espaço", comenta Lilian Simões.

Outro detalhe que faz bastante diferença é a porta. "Para valorizar o hall é importante que a porta tenha presença, com puxadores grandes ou outros detalhes", indica Lilian Simões. Conforme a arquiteta, as portas de entrada não precisam combinar com as portas internas, por isso, é possível brincar com as possibilidades. "Quem não quer trocar a porta também pode revesti-la com outro material ou pintá-la."

Nos halls de residências, a dica das arquitetas é ousar um pouco mais. "Os halls podem ser o elemento surpresa. Nem sempre ele precisa combinar com o restante da decoração", diz Lilian Koga. Para quem deseja incrementar o ambiente, a recomendação é investir em obras de arte. "Tanto quadros quanto esculturas ficam ótimos. Quem tiver um pé direito mais alto também pode usar um lustre, que dá um charme bem especial."

SUA CASA - Entrada triunfal
Fotos: Anderson Coelho e

Neste hall de um edifício em Joaçaba, Santa Catarina, projeto da arquiteta Adriane Perotoni, tanto o ambiente de estar quanto a área próxima aos elevadores têm como destaque as paredes que receberam revestimento com relevos, papel de parede e moldura nos elevadores

SUA CASA - Entrada triunfal
Ricardo Chicarelli, Lio Simas/Divulgação



SUA CASA - Entrada triunfal
Daniel Sorrentino/Divulgação

Mobília e objetos de fácil manutenção foram as preferências da arquiteta Lilian Koga na hora de decorar esse hall. Destaque também para as paredes que dão o tom do ambiente graças aos materiais diferenciados



SUA CASA - Entrada triunfal

Na residência, projetada pelas arquitetas Caroline Andrusko e Eliza Schuchovski, o hall ganhou notoriedade graças às colunas que dividem o ambiente das escadas e a porta imponente

SUA CASA - Entrada triunfal



SUA CASA - Entrada triunfal
O hall dividido entre duas vizinhas ficou ainda mais charmoso com o papel de parede e o espelho emoldurado, que ajuda a passar sensação de amplitude ao espaço, no projeto da arquiteta Lilian Koga



SUA CASA - Entrada triunfal
O papel de parede, as arandelas, o rodapé e a porta deram um charme a mais ao hall projetado pela arquiteta Lilian Simões para a área externa de um apartamento



SUA CASA - Entrada triunfal

O hall destas casas, projetadas pela arquiteta Lilian Simões, chamam atenção pelos detalhes nas paredes e pisos. O primeiro recebeu um painel com detalhes em relevo, enquanto o segundo ganhou um piso com desenho para agregar beleza ao ambiente

SUA CASA - Entrada triunfal





SUA CASA - Entrada triunfal
Neste projeto da arquiteta Lilian Koga, o hall ganhou cores neutras para agradar a todos os vizinhos, além de mobília e objetos de decoração atemporais

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo