Dentes brancos, proporcionais, fortes e retos. Agora, o sorriso do comercial de cremes dentais está ao alcance de todos, graças às facetas de porcelana, material que pode ser aderido aos dentes naturais transformando o rosto de qualquer pessoa. O benefício, porém, não é apenas estético, em alguns casos a técnica serve para recuperar e deixar mais forte a estrutura dental, como explica o dentista Roberto Yoshida Junior.
De acordo com ele, a técnica não é recente, mas novas tecnologias melhoraram o resultado. E o uso da faceta de porcelana tem ainda outros benefícios. ''Ela não se pigmenta, tem uma compatibilidade muito boa com os tecidos gengivais e não adere placa bacteriana. Em alguns casos usamos esta técnica para aumentar a longevidade do dente'', diz.
Uma vez colocadas, as facetas duram pelo menos dez anos. ''Se o procedimento for feito de maneira conservadora, desgastando o mínimo possível os dentes originais, é muito raro aparecer um problema'', afirma. Conforme o dentista, a colagem é definitiva e tem vários detalhes. Feita corretamente, o índice de sucesso das facetas ultrapassa os 95% em dez anos. Yoshida destaca que para alcançar estes resultados, porém, é preciso que o procedimento seja feito de maneira conservadora e que a adesão ocorra sobre uma grande superfície de esmalte dos dentes.
A porcelana sozinha é frágil e quebra facilmente, mas após aderida ao dente o risco de quebrar é o mesmo que o de quebrar um dente. Quem opta pelo recurso pode comer normalmente. ''Não recomendamos fazer com a porcelana uma coisa que a pessoa não faria com seus dentes normais, como cortar fios, abrir sacos plásticos e roer unhas, por exemplo'', alerta o dentista. A cerâmica, segundo ele, se desgasta menos e é mais dura que o dente, mas hábitos inadequados podem fraturar o material.
As facetas de porcelana podem ser produzidas artesanalmente ou por uma máquina computadorizada. De acordo com o dentista, geralmente os pacientes optam por fazer seis dentes da arcada superior.
Como todo paciente faz o tratamento para melhorar o sorriso, a mudança acaba sendo grande na maioria dos casos. ''É preciso de um tempo para o paciente acostumar com o novo visual, por isso fazemos uma etapa em que ele usa porcelanas provisórias por cerca de uma semana até que as definitivas fiquem prontas'', diz Yoshida.
Conforme o dentista, tratamentos ortodônticos devem ser feitos antes da aplicação das facetas. ''Se a pessoa tem um dente melhor posicionado, é preciso fazer um desgaste menor para conseguir uma boa adesão. A ortodontia anterior às facetas acaba resultando num procedimento mais conservador'', orienta.
Satisfação
Aos 29 anos, o consultor de leilões oficiais Guilherme Henrique de Lima decidiu colocar facetas de porcelana nos dentes. O procedimento foi realizado por razões estéticas e a decisão foi tomada em conjunto com sua namorada. ''Meus dentes eram pequenos e isso me incomodava. Com as porcelanas, aumentamos o tamanho, dando uniformidade ao sorriso'', afirma.
Há 45 dias com o novo sorriso, ele se diz contente e satisfeito com o resultado. A aparência dos dentes, segundo Lima, ficou tão natural que muitas pessoas de seu convívio diário não perceberam a mudança. ''Valeu a pena o investimento'', comemora.

Imagem ilustrativa da imagem Sorriso de porcelana
| Foto: Fotos: Gina Mardones
O dentista Roberto Yoshida Júnior diz que em alguns casos a técnica é usada para aumentar a longevidade do dente
Imagem ilustrativa da imagem Sorriso de porcelana
Guilherme de Lima está satisfeito com o novo sorriso: ''Meus dentes eram pequenos e isso me incomodava''