A opção pelo modelo lendário tomara que caia, branco e longo com cauda, ainda reina entre as preferências das noivas na região de Londrina. Mas a cada ano é possível notar que muitas mulheres prestes a subir ao altar estão inovando no vestido e nos acessórios.
Já é muito comum encontrar noivas que vestem branco em cima e nos pés sapatos coloridos, que vão do vermelho ao azul, do amarelo ao verde. Os buquês também fogem do branco. No quesito acessório não é diferente: brincos, anéis e pulseiras cheios de cores. Nas unhas, esmaltes em diferentes tons de vermelho, rosa, entre outros. E o que dizer então das noivas high tech, que aplicam luzes de LED na barra do vestido e no buquê?
''Trata-se de uma fita de LED comercial, usada em decoração e arquitetura, mas que precisa ser modificada para que possa funcionar como detalhe no vestido. Ela é arrematada à mão, na parte interna da barra, tem dispositivo eletrônico que liga e desliga, com uma bateria que dura 6 horas. No buquê usamos o LED com fibra óptica, também com o dispositivo de liga e desliga. Esse acessório custa em média de R$ 800 a R$ 1 mil'', detalha a estilista Lucilene Mattos, que trouxe a novidade para Londrina.
Sim, as noivas estão mais ousadas. Durante a Expo Noivas & Festas 2012, que aconteceu no último mês de abril, em São Paulo, não faltaram novidades e inovações. Teve buquê feito de minibonecos de pano do santinho casamenteiro e de sapinhos.
Os tradicionais vestidos de noivas dividiram a cena com modelos feitos de jeans, além dos curtos, coloridos, sensuais e atrevidos. A maior inovação ficou por conta do véu de LED, que acende quando os noivos se beijam. A criação é da dinamarquesa Geek Physical e custa aproximadamente R$ 12 mil. Recentemente a marca Nova Noiva criou um vestido que tem fios de fibra óptica que acendem e mudam de cor. O mimo, que custa R$ 15 mil, é para noiva nenhuma passar despercebida.
''Cada noiva busca o diferente. Ela quer que o evento marque sua vida e também de quem está lá. A busca pelo ousado é algo que vem crescendo. Muitas querem ser diferente, mas acabam desistindo por pressão da família. Sempre digo que o mais importante é que o vestido combine com a personalidade da noiva. Ela precisa se sentir linda e irradiar'', diz Lucilene, que há 20 anos cria vestidos e atende, em média, a 60 noivas por mês.
Estilista das noivas clássicas e românticas, há quase três décadas Sergio Gavioli traduz em vestidos o maior sonho de grande parte do universo feminino. Para ele, que faz em média 230 modelos por ano, mulheres que nascem ousadas são as que buscam ser diferentes. ''Ousar é uma questão de personalidade. Noiva deve fazer o que ela gosta, não o que as pessoas querem ou palpitam. Como profissional a oriento, mas se ela disser que quer, eu faço. Quando trabalhei em São Paulo, fiz vestidos de noiva preto, azul marinho, vermelho, rosa. No interior é difícil encontrar uma noiva assim, mas em grandes centros é mais comum'', conta.
A ousadia que tanto se fala, cabe dizer, não está só na questão das cores, mas também nos modelos e materiais utilizados no vestido. ''2012 é o ano do brilho e transparência, mas é preciso tomar cuidado. O vintage e retrô também estão de volta. A moda noivas, em termos de cores e materiais, está tendendo para grandes mudanças. Se vai emplacar, já não sei. Fundamental mesmo é a noiva respeitar seu biotipo'', explica Lucilene.
Gavioli completa: ''Sou tradicionalíssimo, não consigo ser moderno, mas admiro muitas noivas que eu faço que são ousadas não só em mesclar cores, mas também em optar por modelos e texturas diferentes. Já fiz vários vestidos curtos na frente e longos atrás. Tenho uma noiva que vai se casar nos próximos dias de sapato e acessórios na cor azul.''
Agradecimentos
Modelo: Camila Rogel (Studio Desirée Soares)
Make-up e cabelo: Jr. Martinelli
Brinco e anel: Tinna Acessórios
Tiara: Ro'Zah Grinaldas e Joias
Vestido e sapato: Lucilene Mattos
Buquê: Casa das Flores Takemura
Locação: Studio F8

Imagem ilustrativa da imagem O tradicional de cara nova
Imagem ilustrativa da imagem O tradicional de cara nova
| Foto: Fotos: César Augusto
A modelo Camila Rogel incorpora a noiva high tech: LED na barra do vestido e no buquê