Variedades comumente encontradas em casas e apartamentos de quem gosta de plantas, e outras nunca vistas pela maioria, podem ser conferidas na 13ª Exposição de Orquídeas do Armazém da Moda, que termina no domingo, dia 11.
Produtores de Arujá, São Paulo, trouxeram cerca de seis mil flores de 13 espécies diferentes. As novidades este ano são a Faleanops Azul, Vanda e Miltomidium, esta última, resultado do cruzamento de duas espécies diferentes. O valor das flores começa em R$ 10 e pode chegar a mais de R$ 100, como é o caso da Faleanops Azul.
De acordo com Angela Suzuki, coordenadora do evento e representante da Cooperativa de Produtores de Orquídeas, se a planta é bem cuidada, não tem idade limite para viver. Porém, uma boa muda também faz toda a diferença. "Além disso, a orquídea possui um ciclo certo. Muitas delas florescem o ano todo, no entanto, algumas que estão floridas agora, só vão reflorescer em setembro do ano que vem. É uma flor cujo cuidado requer paciência", explica Angela. Segundo ela, a variedade mais procurada é a Dendrobium, devido à facilidade de manutenção.
A coordenadora explica que o objetivo principal da Exposição é disponibilizar à população orquídeas a preços mais acessíveis, já que saem do produtor direto para o consumidor, além de possibilitar o conhecimento de novas variedades.



Cultivo


Ricardo Faria, professor de floricultura e paisagismo do curso de Agronomia da UEL e coordenador do Orquidário da Univer­sidade, explica que muita gente adquire a planta, mas não sabe realmente como mantê-la. Para ensinar a forma correta de cultivo, ele ministra cursos durante a feira. Confira alguns cuidados que a planta exige em casa.

Qual o local que devo manter a orquídea depois que acaba a florada?
O importante é tentar imitar ao máximo o ambiente que a orquídea encontraria na natureza. Quem mora em casa pode amarrá-la em uma árvore, à meia-luz, sem sol ou sombra. Em apartamentos é conveniente colocá-la próximo a janelas ou em varandas e nunca deixá-la direto dentro de casa.

Como combater as pragas?
As mais comuns são as lesmas, que comem as folhas das orquídeas. Para eliminá-las pode-se usar iscas ou armadilhas.
Quanto de água devo colocar? E adubo, é necessário?
As plantas precisam de água, sem nunca encharcá-las. Três vezes por semana é o ideal. Uma dica para saber se a quantidade está correta é molhar pela manhã - à noite o vaso deve estar seco. A adubação NPK 202020 deve ser feita uma vez por mês.

Imagem ilustrativa da imagem O encanto das orquídeas
Curiosidades
Existem 30 mil espécies de orquídeas no mundo, sendo que três mil estão no Brasil. Na natureza a planta pode viver de 50 a 100 anos. O mercado de flores mundial movimenta 20 bilhões de dólares, e o Brasil é responsável por 0,5% desse total.
Imagem ilustrativa da imagem O encanto das orquídeas
Faleanops Azul
Imagem ilustrativa da imagem O encanto das orquídeas
Adubação deve ser feita uma vez ao mês, diz Ricardo Faria