Alçado pela mídia à condição de um dos homens mais bonitos da nova geração de atores da Globo, Caio Castro sempre que questionado sobre o título de galã entoa o mantra de que ''rótulo tem data de validade''. Muito mais empenhado em ser reconhecido pelo talento do que pela beleza, Caio, que completou 23 anos no último dia 22 de janeiro, se tornou ator por acidente.
Há quatro anos venceu o concurso Casal Malhação, do programa de Luciano Huck, desbancando 21 mil participantes. No ar em ''Fina Estampa'', ele vem, a cada trabalho, se superando na profissão o que, consequentemente, o torna ainda mais requisitado.
''Nesses anos de carreira um papel foi superando o outro. Quando achava que estava tendo o maior desafio, vinha outro ainda maior. Com certeza estou em minha melhor fase. Estar em horário nobre é o sonho de muitos da minha área. Estou muito amarradão de ter sido convidado para fazer essa novela. O mínimo que tenho que fazer é me entregar a esse papel, que é uma forma de retribuição às pessoas que confiaram em mim e também ao público'', contou ele para a coluna.
Fã de surf, skate e muito reggae, ao lado de grandes nomes da teledramaturgia brasileira, como Lilian Cabral, Christiane Torloni e José Mayer, Caio dá vida a Antenor, personagem que fez com que ele perdesse sete quilos. ''Pelo personagem ser um estudante de medicina, estudei psicologia por um tempo, tive aula de anatomia e fui a necrotérios. Já quanto a contracenar com nomes de peso é, sem dúvida, muito aprendizado. O que eu tenho de idade, muitos lá tem de carreira. É uma honra estar ao lado de Lilian Cabral e muitos outros, como você mesma citou. Fui muito privilegiado.''

Imagem ilustrativa da imagem O assunto é...
| Foto: Toni Silva/Divulgação