A variedade de peles escuras é enorme, mas o mercado de beleza não tem oferecido produtos na mesma proporção. Em uma pesquisa entre as principais marcas raras foram as que dispunham de itens exclusivos para essas consumidoras. É difícil, por exemplo, encontrar um tom de base ideal.
Apesar da predominância de peles morenas e negras no país, Julia Petit reclama da postura das empresas nacionais. ''É como se aqui fosse um país nórdico'', brada ela, expert em make-up, autora do blog Petiscos e apresentadora do ''Base Aliada'' (GNT).
Sua indignação é tão grande que ela não cansa de fazer a mesma pergunta quando encontra alguém do ramo de cosméticos: ''Você tem uma linha para pele negra?'' Mas a resposta que mais escuta é: ''Não há mercado para esse nicho''. Julia revela que têm amigas e leitoras negras que reclamam da dificuldade de encontrar principalmente a base adequada, "que junto com o corretivo, é o produto mais importante de um make. O resto, como sombra e batom, é mais fácil de resolver.''
Para o maquiador Pedro Villar, de São Paulo, o problema mais comum é deixar a pele negra acinzentada por causa da base inadequada. ''A base tem de ficar translúcida, para ser imperceptível'', explica. ''E o corretivo só um tom mais claro, para dar luminosidade ao redor dos olhos.''
A base e o corretivo devem ser aplicados sobre a pele em pouca quantidade. ''Não carregue. Assim, o resultado será mais natural'', ensina Pedro. ''Um erro que costumo ver muito na rua é a negra passar delineador branco ou prateado'', conta o maquiador. ''Além de feio, é muito brega.''
A indicação do badalado maquiador Marcos Costa, consultor da Natura, é a mesma para toda mulher: testar no rosto a base e o corretivo antes de comprar. Sobretudo para uniformizar peles com manchas perto da raiz dos cabelos e em volta dos lábios, problema comum entre as negras.
Com relação às cores, Marcos Costa explica que negras com peles mais escuras combinam com berinjela, vinho, vermelho e rosa fechado. Já para as de pele mais clara, ele recomenda rosa mais claro, bronze e azul. ''Amo blush rosa para negras porque cria um bom contraste. Gosto também da mistura de bronze com rosa, que vai bem com negras de vários tons de pele. Já a negra mais escura deve experimentar um vinho mais avermelhado.''
Sobre batons, o maquiador explica que as negras geralmente evitam cores vibrantes por acreditarem que evidenciam seus lábios carnudos. Porém, ele aposta nos vermelhos. Entram também nessa lista rosa, vinho, dourado e, evidentemente, as variações de marrom que, para as muito morenas, viram cor de boca. Os produtos que ele recomenda são a linha Aquarela da Natura, com destaque para a base número 24, e as marcas importadas Bobbi Brown e Make Up For Ever. (Ciça Vallerio/Agência Estado).

Imagem ilustrativa da imagem Mercado de cosméticos ainda está em falta com a pele negra
O tom ideal de base é essencial para peles negras. A escolha equivocada pode deixar a pele acinzentada ou esbranquiçada