De chocalhos e móbiles para bebês aos jogos interativos indicados para crianças maiores, há muitas opções de brinquedos educativos para a garotada de diferentes idades e personalidades
Da mesma forma que os demais brinquedos, os educativos também vêm com indicação de faixa etária, informação que em geral aparece na embalagem do produto. Especialistas recomendam observar com atenção esse item, pois é preciso levar em conta a fase de desenvolvimento da criança e questões de segurança como o tamanho e o formato das peças.
No Guia dos Brinquedos e do Brincar, da Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq), há dicas para escolher o brinquedo ideal. O recado aos pais é analisar e conhecer gostos, interesses, habilidades e limitações dos pequenos, lembrando que as etapas de desenvolvimento variam de criança para criança. Outra dica é deixar que os pimpolhos participem da escolha do brinquedo, e evitar os produtos que se mostrem complicados demais.



De 3 meses a 1 ano
A partir do 3º mês, os bebês começam a sugar o polegar ou um dos dedos, brincar com a língua e reproduzir sons. Nessa fase, chocalhos, brinquedos musicais e mordedores são os mais apropriados
Imagem ilustrativa da imagem Diversão que educa
Ana Banana: o toque no tecido produz som que imita os ruídos na fase intra-uterina, da Tiny Love para Baby and Kids
Imagem ilustrativa da imagem Diversão que educa
Follow me Fred estimula a criança a engatinhar: o brinquedo se movimenta e reproduz músicas, da Tiny Love para Baby and Kids
Imagem ilustrativa da imagem Diversão que educa
Tapete de atividades Animal Concert com estímulos visuais e sonoros, da Tiny Love para Baby and Kids (Super Muffato Madre Leônia)
Imagem ilustrativa da imagem Diversão que educa
Boneco Robô Rusty com cabeça giratória e texturas variadas, da Girotondo (www.girotondo.com.br)
De 1 a 2 anos
Brinquedos coloridos e leves, de texturas diferentes, estimulam visão, audição e tato. Nessa idade a criança ainda precisa ser constantemente vigiada enquanto brinca
Imagem ilustrativa da imagem Diversão que educa
Na Casa das Chaves cada peça tem seu lugar e cada portinha sua chave, da Estrela (0800-704-5520)
Imagem ilustrativa da imagem Diversão que educa
Mexe Mexe Chocalho, da Estrela, estimula audição, tato, coordenação motora e visão
Imagem ilustrativa da imagem Diversão que educa
A tela fica presa no encosto do carro. A criança brinca com o volante (mastigável), que funciona como controle remoto, acionando luzes e sons, da Tiny Love para Baby and Kids
De 2 a 3 anos
Nesta fase, os pequenos querem diversão. Sua maneira de comunicação se dá por gestos, atitudes e mímicas. Habilidades motoras podem ser estimuladas com brinquedos de montar
Imagem ilustrativa da imagem Diversão que educa
Lego, considerado o brinquedo do século 20, da Tiny Love para Baby and Kids
Imagem ilustrativa da imagem Diversão que educa
Meu Primeiro Telefone, com chocalho e botões. O espaço para girar ajuda a desenvolver sensações de toque, da Estrela
De 3 a 6 anos
A fase pré-escolar é ideal para jogos de faz-de-conta. Crianças começam a se interessar por coisas que imitam o mundo dos adultos
Imagem ilustrativa da imagem Diversão que educa
Painter´s Playset para brincadeiras que imitam uma funilaria, Bumerang (Royal Plaza Shopping)
Imagem ilustrativa da imagem Diversão que educa
Quando exposta à luz, a florzinha se abre e revela uma miniboneca. O vaso se transforma em um cenário, da Estrela
Com mais de 6 anos
Possibilidades de brincadeiras são infinitas. Jogos, carrinhos de montar, materiais para pintar são ótimos para essa fase
Imagem ilustrativa da imagem Diversão que educa
Super Jogo da Vida: passar no vestibular, seguir carreira, casar, ter filhos e chegar ao fim do tabuleiro com riquezas acumuladas. O jogo completa 25 anos de cara nova, da Estrela
Imagem ilustrativa da imagem Diversão que educa
Empilhadeira telescópica feita com peças de Lego, Bumerang
Imagem ilustrativa da imagem Diversão que educa
Jogo de tabuleiro Se Vira. Participantes precisam cumprir tarefas de contorcionismo como encostar o ombro esquerdo na orelha esquerda ou segurar uma bolinha com o queixo, da Estrela




(Fontes: Guia do Bebê - http://guiadobebe.uol.com.br – e Guia dos Brinquedos e do Brincar - www.abrinq.com.br/documentos/public_guia_brinquedos_brincar.pdf)