|
  • Bitcoin 202.099
  • Dólar 5,4587
  • Euro 6,1923
Londrina

NO MEU TEMPO DE ESCOLA 5m de leitura Atualizado em 05/11/2019, 07:41

Música, maestro!

Agrônomo se realiza ao conciliar a rotina de professor com a de maestro

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 05 de novembro de 2019

Walkiria Vieira - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

O gosto acentuado pelas artes sempre esteve presente na vida de Fernando Elias Mouchrek. Há 42 anos, Mouchrek é o regente do coral São João e concilia a função com a rotina de agrônomo como professor em São Luiz, no estado do Maranhão. Durante o Festival Unicanto,  realizado recentemente em Londrina, o maestro integrou as apresentações, cursos e palestras do evento. E também aproveitou pata contar um pouco de sua trajetória. O coral São João é um dos mais expressivos e atuantes grupos de canto coral do Maranhão. Por meio da música, prestam homenagens e levantam a bandeira da cultura do Estado. " A música é nossa bandeira”, destaca o regente.

Como é seu trabalho no dia a dia atualmente?

Eu sou professor da UEMA - Universidade Estadual do Maranhão, do Departamento de Economia Rural - dou aula para os cursos de Agronomia,  Veterinária,  Zootecnia e Engenharia de Pesca. À noite, por hobby, quando não estou dando aula, eu sou músico. Sou maestro há 42 anos do Coral São João. Toda segunda, quarta e sexta, eu mexo com música, trabalho com música e preparo o coral. 

O que você mais gostava de fazer na escola quando criança?

Estudar e merendar. Ou seja, adorava comer na hora do recreio. Além de estudar, eu adorava merendar. 

Qual a melhor lembrança desse período de escola?

Dos meus amigos e das amizades que fiz no curso primário. Até hoje tenho amigos dessa época e tenho contato com eles. Ficou um carinho por eles e por alguns mestres que já se foram, mas marcaram a minha educação. 

Onde você costumava se sentar? Ou não tinha um lugar preferido?

Eu adorava sentar na frente, sempre fui saliente, era metido a bom aluno e bom aluno senta na frente. No dia de prova eu também sentava na frente porque era estudioso. 

Fernando Elias Mouchrek, maestro: "Minha tia Florinda me alfabetizou em música. As notas musicais que sei hoje aprendi com ela , dos 7 aos 10 anos de idade"
Fernando Elias Mouchrek, maestro: "Minha tia Florinda me alfabetizou em música. As notas musicais que sei hoje aprendi com ela , dos 7 aos 10 anos de idade" |  Foto: Divulgação
 

Havia alguma matéria que gostava mais? E qual era a que gostava menos?

Eu gostava muito de Ciências, nota 10! Até hoje odeio Matemática. 

Como eram as carteiras? Sentava sozinho ou em dupla?

Na minha época  sentava sozinho, eram carteiras de madeira com lugar para colocar a bolsa embaixo.

Usava uniforme?

Sim, farda de colégio -  no jardim, primário, tudo tinha farda. Era obrigado entrar de farda e se não tivesse fardado, não entrava. 

O que você gostava de comer na hora do recreio?

Pastel com guaraná, bolo, sanduíche. 

Você já ficou de castigo ou levou bronca do professor alguma vez? Como foi?

Não. Por incrível que parece era um bom aluno e nunca levei bronca.

Você e seus irmãos tinham expectativa para a volta às aulas, o material escolar e quem seriam os professores?

Sim, sempre era um novo professor a cada ano, havia a expectativa da nova farda, novo caderno, do novo livro. Eu tinha expectativa, não sei meus irmãos, mas eu tinha. 

Gostava de ler quando criança?

Gostava de ler historinha e depois perdi o hábito. Mas gostava muito de ler quando era criança. 

E quando criança, imaginava que teria essa profissão?

Música sim, porque sempre gostei, mas engenheiro agrônomo jamais. 

Quem eram seus ídolos nessa época?

Eu sou da época da Jovem Guarda. Ronnie Von, Wanderlea, Erasmo Carlos, Roberto Carlos, Jovem Guarda anos 70. Amava os Beatles e os Rolling Stones. E na música erudita, música clássica eu sempre gostei de Beethoven, Mozart, Bach, porque ouvia desde criança esse tipo de música.

De que maneira o gosto pela música o auxiliou na formação?

Acho que nem me auxiliou. Ouvia muita música quando criança. Meu pai me obrigava a ouvir - no bom sentido. E eu adorava ouvir música erudita e adorava a tocar piano. Aprendi com minha tia Florinda.

Ajudava os irmãos nas tarefas? 

Não. Eles eram mais velhos do que eu. Eu era menino, a diferença deles para mim era de quase 10 anos. 

Gostaria de citar alguém que tenha feito parte de sua trajetória?

Minha tia Florinda  Mouchrek. Foi ela quem me alfabetizou em música. As notas musicais que sei hoje aprendi com ela - dos 7 aos 10 anos de idade. 

instagram

ÚLTIMOS POSTS NO INSTAGRAM