NetdealEvents

Bosque no centro das discussões


Guilherme Marconi - Grupo Folha
Guilherme Marconi - Grupo Folha

 



A Câmara Municipal de Londrina corre contra o tempo para colocar em pauta ainda este ano o projeto de lei que quer transformar o Bosque Central Marechal Cândido Rondon em praça. A proposta da gestão Marcelo Belinati (PP) é retirar um dispositivo proposto em 2012 que alterou o local para APP (Área de Preservação Permanente), mas o assunto passa por amplo debate. A insatisfação com o mau cheiro, insegurança e o descaso com a área verde foi discutida em audiência pública organizada pela Comissão de Políticas Públicas da Câmara Municipal de Londrina no dia 25. O evento contou com a presença de 100 pessoas, entre membros do poder público, de entidades da sociedade civil e das associações de moradores da área central. Foram apresentadas 15 sugestões por escrito.


No debate, o Ippul (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina) apresentou novamente o projeto arquitetônico que contempla o retorno dos caminhos originais de travessias, prevê retirada de parte da vegetação e nivelamento do antigo "zerinho" com o bosque, além de novas luminárias e calçadas. Entretanto, prazos para a obra e valores ainda não foram apresentados. “A ideia é resgatar uma diretriz histórica, como área de permanência e convivência e com maior salubridade para a população para frequentar o espaço", disse o presidente do Ippul, Roberto Alves de Lima. Ele lembrou ainda que outros aspectos como segurança e a questão dos moradores de rua estão sendo tratados por outras secretarias.




Bosque no centro das discussões
 





 


Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias