Semana de gala para o canto coral. A partir da próxima terça-feira, Londrina será sede do 7º Festival Unicanto de Corais, que vai reunir 27 grupos do gênero incluindo representantes locais, de outras regiões do país e também do exterior.
Todas as apresentações terão entrada franca. A abertura oficial está prevista para às 20 horas com a apresentação do Coral Coretfal, de Maceió (AL), no Teatro Marista (Rua Cristiano Machado, 240). ‘‘Ecos do Brasil – 500 anos’’, o espetáculo inaugural, conta a história musical do país através de coreografias e de um repertório que tenta traduzir a miscigenação cultural nem sempre pacífica entre o português, o negro e o índio.
É cantado por 50 componentes, todos com trajes típicos. Entre as composições interpretadas constam ‘‘Aquarela do Brasil’’, de Ary Barroso, e ‘‘Berimbau’’, de Baden Powel e Vinicius de Moraes. Cerca de 600 coralistas estarão reunidos durante os seis dias do encontro. Todas as noites, às 20 horas, haverá espetáculo no Teatro Marista.
A programação paralela, com horários que variam entre 9h30 e 18 horas, começa já na terça pela manhã e prevê apresentações em supermercados, hospitais, empresas, bancos, instituições assistenciais, jornais e Calçadão central. Na quarta-feira, a noite será dedicada aos corais infanto-juvenis. Na sexta, o coral União Arte Integração, do Rio de Janeiro, vai mostrar um grupo formado apenas por integrantes cegos, destacando-se como o único coral no mundo em que o regente também é cego.
No sábado, às 9 horas, todos os corais participarão de uma passeata cultural no Calçadão. Londrina estará representada no Festival com os corais Infantil, Juvenil e Adulto da Universidade Estadual de Londrina, Coral Viva Voz, Coral Embrapa/Soja, Grupo Vocal da Câmara Municipal e Coral Unicanto.
O Paraná aparece ainda com o Coro Infantil Cantores Franciscanos (Rolândia), Coral ARS Música (Rolândia), Coral Nova Esperança (Nova Esperança), Cobra Coral (Maringá) e Coral Municipal de Arapongas (Arapongas). Este último foi o vencedor na primeira fase do Festival realizada entre os dias 27 de junho e 2 de julho.
Do exterior e de outras regiões do país foram convidados, além dos já citados, o Coral Polifônico Municipal de Nogoyá (Argentina), Diseño Vocal de Caracas (Venezuela), Grupo Athenaeum de Caracas (Venezuela), Coral da Universidade Católica de Petrópolis (RJ), Meninas Canarinhos de Petrópolis (RJ), Coral Laus Deo (também de Petrópolis), Coral Sons de Minas (Belo Horizonte), Coral Catavento – Ferlagos de Cabo Frio (RJ), Coral da Associação Artística Cultural de Crato (CE), Coral Banestado de Vitória (ES), Coral Cantarte (Maceió) e Cefetcanto (Vitória).
O Festival é organizado pela Associação Coral Unicanto, sob direção geral de Marly Aparecida Tomal e direção artística do maestro José Mário Tomal com apoio de várias empresas, incluindo Folha de Londrina. Eles solicitam ao público que puder (mesmo com as entradas para os espetáculos sendo gratuitas), a doação de um quilo de alimento não perecível a ser destinado posteriormente a entidades assistenciais.
No ano passado foram repassados quase mil quilos de alimentos. O encerramento do encontro está marcado para domingo, às 10h30, com uma Missa de Ação de Graças na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, na avenida São João com Paul Harris.