|
  • Bitcoin 122.570
  • Dólar 5,0950
  • Euro 5,2481
Londrina

MÚSICA

Atualizado em 03/04/2020, 00:44

Um violão contra a solidão

Violonista Israel Laurindo tem produzido vídeos em parceria com cantores de Londrina e outros estados para espantar o tédio provocado pela pandemia

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 03 de abril de 2020

Marcos Roman - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Acostumado a tocar violão em shows e rodas de samba e choro que acontecem quase diariamente em Londrina, Israel Laurindo ainda não se habitou à mudança de rotina causada pelo isolamento imposto pela pandemia da Covid-19. “Fiquei muito irritado com as más notícias que chegavam toda hora pela internet e tive até insônia pelo fato de não poder tocar com meus amigos e não ter mais o convívio direto com o público que nos acompanha. Eu estava enlouquecendo”, comenta o instrumentista.

Como a internet agora tem sido a único canal de contato com outros colegas de profissão, o violonista resolveu então jogar um pouco de luz onde tudo parecia ser apenas sombra. “Eu já tinha experiência com edição de vídeo e como tive contato com cantores de outras cidades, decidi gravar vídeos deles cantando comigo ao violão”, relata.

Israel Laurindo tem feito gravações, inclusive com convidados de outros estados, que podem ser vistos na sua página do Facebook Israel Laurindo tem feito gravações, inclusive com convidados de outros estados, que podem ser vistos na sua página do Facebook
Israel Laurindo tem feito gravações, inclusive com convidados de outros estados, que podem ser vistos na sua página do Facebook |  Foto: Acervo Pessoal - Divulgação
 

A iniciativa começou a gerar vídeos que são postados diariamente na página pessoal de Israel Laurindo no Facebook. “Desde o dia 24 de março, tenho feito postagens diárias cada uma com um convidado diferente”, ressalta sobre as parcerias já realizadas com Viviane Foss, de Maringá; Eliane Siqueira, de Campinas; Meire Rodrigues, de Londrina; e Ozir Padilha, de Curitiba, e Micheli Montalvão, de Vitória (Espírito Santo), entre outros.

Laurindo esclarece o  motivo pelo qual optou por fazer gravações ao invés das lives transmitidas por vários outros artistas. “Para evitar aquele atraso chamado dellay que geralmente acontece durante as transmissões ao vivo, optei por gravar a minha base com o violão e encaminhar para os cantores que ouvem a gravação e interpretam as músicas conforme o repertório que combinamos antecipadamente”, explica.

O violonista afirma que pretende continuar realizando as postagens enquanto durar a quarentena. “Tenho disponibilizado novos vídeos todos os dias por volta das 9 horas da manhã. É uma forma de eu me sentir útil, continuar exercendo o meu ofício e manter  essa relação bacana de troca de experiências profissionais com outros músicos. Essa tem sido uma experiência maravilhosa”, conclui o instrumentista que trabalha profissionalmente há 20 anos e atualmente responde pela direção musical do Samba da Madrugada. 

Os vídeos produzidos pro Israel Laurindo podem ser acessados em https://www.facebook.com/ifllaurindo.