LIVRO/LANÇAMENTO UM PAPO SÉRIO SOBRE DROGAS Chega às livrarias Drogas – Qual é o Barato, de autoria da estudante Paloma Klisys, de 18 anos ReproduçãoPaloma Klisys: cara, coragem e um gravador debaixo do braçoReproduçãoLivro é repleto de entrevistas com usuários de drogas, profissionais especializados e gente famosa como Rita Lee e o VJ Thunderbird Nelson Sato De Londrina Dizem por aí que os jovens detestam ler e escrever. Dizem por aí que os jovens criticam tudo mas são incapazes de mover um dedo para mudar qualquer coisa. É o que se ouve por aí. É o que demonstram as pesquisas que, de vez em quando, são divulgadas na TV e nos jornais. Bem, como toda regra tem suas exceções, a paulistana Paloma Klisys é uma das garotas que contrariam o suposto ‘‘perfil’’ de sua geração. Com apenas 18 anos, a menina acaba de lançar o livro Drogas – Qual é o Barato, em que reuniu depoimentos de viciados, ex-dependentes, profissionais especializados e gente famosa como a cantora Rita Lee e o VJ da MTV Thunderbird. ‘‘Uma faísca de curiosidade transformou-se lentamente em enorme atração pelo assunto’’ – começa ela, assim, seu relato. ‘‘Em pouco tempo, lá estava eu, com minha botinha sem sola, calça de moletom desbotada e jaqueta jeans detonada, andando pelas ruas. Carregava o gravadorzinho para cima e para baixo, na esperança de conseguir uma entrevista’’. Definindo o livro como um ‘‘ensaio-reportagem’’, Paloma mescla as histórias dos entrevistados com informações adicionais e opiniões contundentes. ‘‘A mídia pinta o crack como uma droga restrita à população de rua, enquanto isso eu via um monte de amigos meus, de classe média, entrando nessa roubada’’ – diz ela, em uma das páginas. Para Paloma, um dos erros das campanhas de prevenção é omitir que as drogas dão prazer. ‘‘Só mostram o lado ruim do lance’’ – nota. ‘‘A insistência em taxar todos os tipos de droga como substâncias incapazes de proporcionar prazer é perigosa, porque não corresponde à verdade. Usar drogas é gostoso, divertido e pode dar prazer, sim!’’. Com 98 páginas, o livro inclui no final um glossário das drogas mais conhecidas fornecendo uma lista das mazelas que cada uma provoca nos usuários. Leia, nesta página, trechos do volume, que está chegando ao público pela editora Publisher Brasil (tel. 11/813-1836).