SEGUNDA TEMPORADA -

Série 'Perdidos no Espaço' estreia antes do Natal

Aventuras, ameaças e descobertas surgem no caminho dos Robinson

Márcia Birnbaum/ Agência Estado
Márcia Birnbaum/ Agência Estado

No fim da primeira temporada de 'Perdidos no Espaço', a família Robinson, desgarrada dos outros colonos, em missão espacial pelo universo até Alpha Centauri, aterrissa em um planeta desconhecido. Na nova leva de episódios, filmada entre a Islândia e Vancouver (Canadá) e que estará disponível na Netflix a partir do dia 24 de dezembro, eles tentarão sobreviver nesse novo mundo, praticamente todo coberto por água. E Will (Maxwell Jenkins) terá de lidar com o desaparecimento de seu amado – e instável – robô.

Não será fácil deixarem o lugar sãos e salvos, ainda mais com a interferência da manipuladora e tresloucada Dra. Smith, papel de Parker Posey — de 'Superman: O Retorno' (2006)'.




Aventuras, ameaças e descobertas surgem no caminho dos Robinson, que continuam contando com a providencial ajuda de Don West, interpretado pelo ator argentino Ignacio Serricchio. Os fãs do seriado original, da década de 1960, que deram um voto de confiança a essa nova versão da história, muito mais tecnológica e sombria, sabem, no entanto, que a sobrevivência é uma especialidade da família, composta também por Maureen (Molly Parker), John (Toby Stephens), Judy (Taylor Russell) e Penny (Mina Sundwall).


Além de enfrentarem novos desafios no planeta desconhecido, os protagonistas vão se deparar com um misterioso personagem, que surgirá do nada, interpretado por JJ Feild – do filme 'Capitão América: O Primeiro Vingador' (2011) e da série 'Se Joga Charlie' (2019), também da Netflix. Será ele um aliado ou um inimigo?


O personagem Will volta mais maduro na segunda temporada de 'Perdidos no Espaço'
O personagem Will volta mais maduro na segunda temporada de 'Perdidos no Espaço' | Divulgação
 


"O Will da segunda temporada de 'Perdidos no Espaço' é totalmente diferente. Está mais maduro", disse Jenkins, em entrevista ao jornal americano 'USA Today'.

O ator de 14 anos, que cresceu em um circo e fez a maior parte de suas cenas de ação sem precisar de dublê, afirmou que ele também está crescendo e mudando junto com o personagem. "Meu maior desafio agora é mostrar um Will que amadureceu com os acontecimentos da primeira temporada, mas sem perder sua paixão, sua crença, carinho e confiança nas pessoas."

"Esta temporada é mais uma missão dos Robinson. É mais uma jornada e, agora, eles têm um plano", disse o cocriador, roteirista e produtor executivo da série Burk Sharpless, também em entrevista ao 'USA Today'.


Serviço:

'Perdidos no Espaço', na Netflix

Estreia: 24 de dezembro


Continue lendo


Últimas notícias