Série londrinense está na Globoplay

Dirigida por Rodrigo Grota, o seriado infantil “Super Família” que conta com produção e elenco da cidade já pode ser vista na maior plataforma de streaming nacional

Marcos Roman - Grupo Folha
Marcos Roman - Grupo Folha

 

"Super Família": série já havia sido disponibilizada em outras plataformas, como Looke, VOD Net Now e Vivo Play
"Super Família": série já havia sido disponibilizada em outras plataformas, como Looke, VOD Net Now e Vivo Play | Divulgação
 


Filmada em Londrina com uma equipe que envolveu cerca de 70 profissionais da cidade, a série “Super Família” estreou na plataforma Globoplay, na semana passada. Direcionada ao público infantil, o seriado ficcional tem 26 episódios, com 13 minutos de duração, que mostram as aventuras vividas por seis crianças, as descobertas da infância e seus universos familiares. Produzida pela Kinopus Audiovisual em 2017, a atração foi uma das 11 propostas aprovadas pelo programa 'Brasil de Todas as Telas' do Fundo Setorial do Audiovisual da Ancine (Agência Nacional de Cinema) de 2015, cujo edital prevê o repasse de R$ 1,7 milhão ao projeto. 


Dirigida por Rodrigo Grota e idealizada pela roteirista Roberta Takamatsu, a série já havia sido disponibilizada em outras plataformas, como Looke, VOD Net Now e Vivo Play. Produzida pela Kinopus Audiovisual em 2017, a atração estreou em agosto de 2019 em rede nacional pelo Canal Futura. 


No elenco do seriado estão os atores londrinenses Arthur Zanin, Luiza Quinteiro, Julio Buzignani Storto, João Guilherme Ota, Anajú da Silva Santos e Maria Júlia Assis, que dão vida aos personagens Pedrinho, Mavi, Chiquinho, Lucas e as gêmeas Janaína e Juliana, respectivamente. “Super Família” contou ainda com  produção executiva de Guilherme Peraro, direção de fotografia de Carlos Ebert e trilha sonora de Rodrigo Guedes. 


Para o diretor Rodrigo Grota, a estreia da série "Super Família" no Globoplay representa uma conquista de extrema importância, não só para a produtora Kinopus, mas para a produção audiovisual de Londrina como um todo. “Trata-se da primeira série de ficção produzida na cidade. Estrear nosso primeiro grande projeto no maior streaming de conteúdo nacional é também um reconhecimento ao trabalho de mais de 70 profissionais locais que se dedicaram por meses a esse projeto”, enfatiza. 


Ele comenta que já deu para perceber o alcance da série a partir do momento em que ela se tornou disponível no Globoplay . “Recebemos muitas mensagens de pessoas que estão assistindo e gostando muito das questões que são abordadas a partir do ponto de vista das crianças. Isso nos anima muito em continuar com os projetos para a TV. Nesse sentido, o streaming é uma plataforma ainda mais democrática que a TV aberta - o público pode assistir aos episódios na ordem que quiser, no horário que achar mais adequado, e também promover maratonas mergulhando nesse universo ficcional”, ressalta sobre a série que acaba de ser selecionada para a 20ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis.  

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo