|
  • Bitcoin 149.391
  • Dólar 4,9096
  • Euro 5,1947
Londrina

Folha 2

m de leitura Atualizado em 12/04/2022, 17:21

Rita Lee está curada do câncer. Viva Rita!

Novos exames mostram que a cantora está curada de um câncer de pulmão, fato a ser celebrado com alegria e muito rock

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 12 de abril de 2022

Celia Musilli - Editora
AUTOR autor do artigo

Foto: Marcus Leoni/ Folhapress
menu flutuante

Esta semana, uma notícia alegrou os fãs de Rita Lee, os artistas e o público em geral. A cantora, de 74 anos, diagnosticada com câncer de pulmão em maio de 2021, está curada depois de cerca de um ano de tratamento intensivo. Como revelaram os exames mais recentes: o tumor regrediu até desaparecer. 

A boa notícia veio pelo site “Metrópoles” na segunda-feira (11), depois, vários veículos divulgaram o fato que desencadeou o alívio entre todos que acompanhavam o caso com apreensão. 

A cura de alguém é sempre um alento e repercute positivamente quando se trata de uma pessoa famosa,  dando esperança a tantos outros pacientes e seus familiares. 

Desde o diagnóstico, em 2021, a cantora se manteve recolhida em casa, após a doença ter sido revelada ao público no seu Instagram: "Nossa Rita submeteu-se a um check-up no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. Os exames apontaram um tumor primário no pulmão esquerdo", dizia o comunicado oficial e prosseguia: "Ela já se encontra em casa e dará sequência aos tratamentos de imuno e radioterapia. Agradecemos as orações e a luz Divina.” 

Em 31 de dezembro do ano passado, dia do aniversário da cantora, seu marido, o músico Roberto de Carvalho, fez um post sensível com uma declaração de amor e falou sobre a situação difícil pela qual eles estavam passando: "Que ano difícil meu amor! Quanta provação! Meu coração em muitos momentos se despedaçou, para logo em seguida se deslumbrar diante de todas as suas demonstrações de coragem, força de vontade e resistência. Que depois de todo o tormento estejamos diante de um tempo de paz, harmonia, e muita saúde. E tudo de melhor que eu puder te desejar, você merece milhões de vezes mais. Te amo, te admiro, te adoro, estamos juntos, ontem, agora e sempre", escreveu ele.

ALEGRIA COLETIVA

Com a notícia da cura, muitos artistas manifestaram seu carinho por Rita Lee. Ney Matogrosso publicou "Roberto, fiquei muito feliz com a notícia que acabei de ler, diga a Rita da minha felicidade e diga a ela também do enorme amor que sinto por ela", disse o artista ao deixar uma mensagem para Roberto de Carvalho.

O cantor e compositor Gilberto Gil também festejou a cura de Rita no stories do Instagram ao som da música "Refestança", que batizou uma turnê de sucesso da dupla em 1977 e que deverá se transformar num documentário.

O músico Liminha também fez questão de comemorar a recuperação da cantora. "Muito contente de saber que Rita está bem", celebrou.

A superação da doença por uma pessoa pública enche de esperança todos os que aguardam a mesma notícia após tratamentos intensivos, dolorosos ou complicados. A cura da apresentadora Ana Maria Braga também suscitou  uma onda de alegria nos que acompanharam seu caso.

A evolução da ciência é uma das maiores conquistas do século 21, há notícias de enfermidades graves que vêm sendo tratadas de outras formas e novos medicamentos trazem de volta a esperança para muitos que se consideravam perdidos. O trunfo da ciência aplicada pelo bem comum serve tanto à recente superação da pandemia pelo novo coronavírus, vencido pelas vacinas, quanto à cura do câncer em pessoas que celebram e praticamente inauguram uma nova vida, como no caso de Rita Lee. E sua cura, claro, deverá ser festejada com rock.

...

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link